BUSCAR
BUSCAR
Eleições 2020
Natal terá 14 candidatos a prefeito em 2020, o dobro da eleição passada; CONHEÇA
Com tantos candidatos, opções não vão faltar ao eleitor, em todos os espectros políticos. As eleições deste ano terão um congestionamento de nomes na direita, na esquerda e no centro, fora os chamados “outsiders”
Redação
17/09/2020 | 05:00

A disputa pela Prefeitura do Natal terá um recorde de candidaturas nas eleições de 2020. Com o fim das convenções partidárias nesta quarta-feira 16, chegou a 14 o número de candidatos a prefeito. O primeiro turno está marcado para 15 de novembro. Se houver necessidade, o segundo turno será no dia 29 do mesmo mês.

Desde a redemocratização do País, em 1985, nunca tantos candidatos se apresentaram para concorrer à cadeira de prefeito na capital potiguar. Para se ter uma ideia do crescimento, nas últimas eleições – em 2016 –, apenas 7 candidatos disputaram a prefeitura, ou seja, a metade do número registrado agora.

Com tantos candidatos a prefeito, opções não vão faltar ao eleitor, em todos os espectros políticos. As eleições deste ano terão um congestionamento de nomes na direita, na esquerda e no centro, fora os chamados “outsiders” – nomes oriundos de outros segmentos, como empresários, que vão ser candidatos pela primeira vez.

Álvaro Dias (PSDB)

Candidato à reeleição, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) se posiciona no centro. Ele encabeça a maior coligação entre todos os candidatos – com 10 partidos aliados. Além do PSDB, Álvaro Dias tem o apoio de PDT, partido da candidata a vice, a advogada Aíla Ramalho Cortez, e de Avante, DEM, MDB, PL, Pros, PSD, Rede Sustentabilidade e Republicanos.

Álvaro Dias (PSDB) e Aíla Ramalho (PDT) – Foto: Alex Régis

Kelps Lima (Solidariedade)

Também no centro, está o candidato do Solidariedade, o deputado estadual Kelps Lima. Com uma chapa puro sangue, ele terá como candidato a vice o ex-prefeito de Olho D’água do Borges Brenno Queiroga, que disputou o Governo do Estado nas eleições de 2018 e terminou em 4º lugar, sendo o 3º mais votado se forem considerados apenas os votos da capital.

Kelps Lima (dir.) e Brenno Queiroga (esq.), ambos do Solidariedade – Foto: Reprodução

Carlos Alberto Medeiros (PV)

Integrando ainda o mesmo espectro político está o candidato do PV, Carlos Alberto Medeiros. Empresário e professor de Administração na UFRN, ele terá como candidato a vice o desportista Carlos Eduardo Nascimento, o Dadau (Cidadania). A coligação é formada por cinco partidos: Patriota, PMB e PTC, além dos já citados PV e Cidadania.

À direita, Carlos Alberto Medeiros (PV) e, à esquerda, Carlos Eduardo Nascimento (Cidadania) – Foto: Reprodução

Jaidy Oliver (Democracia Cristã)

Outra candidata mais alinhada ao centro é a pastora Jaidy Oliver (Democracia Cristã). Na campanha, ela, que também é funcionária pública na área da saúde, promete apresentar um plano de governo focado em empregabilidade e economia solidária, além de assistência social. Ela terá como vice a médica veterinária Shirlei Medeiros, que é do mesmo partido.

Jaidy Oliver (Democracia Cristã) – Foto: Reprodução

Coronel Hélio Oliveira (PRTB)

Partido do vice-presidente Hamilton Mourão, o PRTB homologou em Natal a candidatura para prefeito de Coronel Hélio Oliveira, da reserva da Aeronáutica. Em 2018, ele esteve à frente da coordenação da campanha do presidente Jair Bolsonaro no Rio Grande do Norte e, antes das eleições deste ano, articulou a fundação do Aliança pelo Brasil.

A chapa terá, ainda, o PTB, que vai indicar o candidato a vice: o administrador e empresário Getúlio Batista (PTB), que já foi secretário de Habitação da Prefeitura do Natal.

Getúlio Batista (PTB) e Coronel Hélio Oliveira (PRTB) – Foto: Reprodução

Sérgio Leocádio (PSL)

Outro nome da direita é o delegado aposentado Sérgio Leocádio. Com experiência de ter atuado por mais de 30 anos na Polícia Civil, ele pretende fazer uma campanha focada no combate à corrupção e à violência. Filiado ao mesmo partido que elegeu Bolsonaro em 2018, o PSL, Sérgio vai encabeçar uma chapa formada ainda pelo Progressistas, que indicou a vice, a também delegada aposentada Deusa Martins.

Deusa Martins (Progressistas) e Sérgio Leocádio (PSL) – Foto: InterTV Cabugi / Reprodução

Coronel Azevedo (PSC)

Por fim, também representando a direita, está o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC). Ex-comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, ele também se considera “bolsonarista”. Não haverá coligação. O vice será do mesmo partido: o policial civil Erick Guerra, conhecido como “Erick, o Caçador”.

Deputado estadual Coronel Azevedo, candidato a prefeito pelo PSC

Jean Paul Prates (PT)

Na esquerda, está o maior número de candidatos a prefeito: cinco. Partido da governadora Fátima Bezerra, o PT confirmou que o candidato da legenda para prefeito de Natal será o senador Jean Paul Prates.

Advogado e economista, além de estudioso do setor de geração de energia renovável, ele assumiu o mandato no Senado em 2018, após Fátima renunciar para assumir o Governo do RN. Jean Paul terá como candidata a vice a militante Elizabeth Lima.

Jean Paul Prates e Elizabeth Lima, os dois do PT – Foto: Bruno Póvoa / PT

Fernando Freitas (PCdoB)

Aliado histórico do PT, o PCdoB terá candidatura própria desta vez. A legenda, que é a mesma do vice-governador Antenor Roberto, homologou nesta quarta-feira a candidatura do engenheiro e auditor fiscal Fernando Freitas. Pós-graduado em Gestão Pública, o candidato do PCdoB terá como candidata a vice a advogada Joana Lopes.

Fernando Freitas e Joana Lopes, os dois do PCdoB – Foto: Divulgação

Hermano Morais (PSB)

Ainda na esquerda, o PSB vai apresentar a Natal a candidatura a prefeito do deputado estadual Hermano Morais, que foi ao segundo turno da campanha em 2012. No início da semana, ele chegou a hesitar declinar da candidatura e apoiar outro nome da esquerda, mas teve o nome confirmado. O candidato a vice na chapa, que será puro-sangue, será a militante Tatiana Pires.

Hermano Morais e Tatiana Pires, candidato e vice do PSB – Foto: Divulgação

Coletivo Sol (PSOL)

O PSOL decidiu inovar e vai apresentar à cidade uma candidatura coletiva. Em uma chapa puro-sangue, o partido terá quatro nomes defendendo o mesmo projeto: a historiadora Nevinha Valentim, o administrador Danniel Morais, a mestre em Filosofia Liliana Lincka e o cientista político Sol Victor.

A legislação eleitoral não prevê candidaturas coletivas. Por isso, no dia da eleição, deve constar na urna o nome de um dos candidatos como prefeito e outro como vice. Os nomes que vão constar na urna não foram divulgados pelo partido.

“Apesar de um só nome ser registrado na Justiça Eleitoral, a construção do mandato se dará por várias mãos, sendo divididas as funções, lado a lado com as lutas populares e por pessoas com histórias diferentes que se entrelaçam”, informa o partido.

Candidatos a prefeito pelo PSOL – Foto: Reprodução

Rosália Fernandes (PSTU)

Também na esquerda, o PSTU confirmou que a candidata do partido a prefeita de Natal será a assistente social Rosália Fernandes. Ela terá como candidato a vice o professor José Jairan, do mesmo partido.

Rosália já foi candidata a deputada estadual e disputa pela segunda vez a Prefeitura de Natal. Na campanha, pretende denunciar falta de democracia do sistema eleitoral e apresentar um programa socialista, que enfrente, segundo ela, privilégios dos grandes empresários e defenda direitos dos trabalhadores.

Rosália Fernandes, candidata do PSTU

Fernando Pinto (Novo)

A campanha para a Prefeitura do Natal terá, ainda, as candidaturas de dois “outsiders”, que vão disputar cargos eletivos pela primeira vez na vida.

O partido Novo, que estreia na disputa municipal, homologou a candidatura do advogado e empresário Fernando Pinto. O candidato a vice será o professor de Finanças Fernando Amaral.

Os dois prometem apresentar na campanha um plano de governo focado em saúde, educação e segurança, com austeridade fiscal e estímulo à cultura do empreendedorismo.

Fernando Pinto (Novo) – Foto: José Aldenir / Agora RN

Afrânio Miranda (Podemos)

Outro empresário que vai para a disputa é o empresário Afrânio Miranda (Podemos). Dono das lojas Miranda Computação e presidente licenciado da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, Miranda terá como vice a advogada Ana Paula Trento. Na campanha, eles prometem endossar o slogan “peia na corrupção”.

Afrânio Miranda (Podemos) – Foto: Elias Medeiros

Clique AQUI e confira o calendário completo das eleições de 2020.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.