BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Notas e informes: Mais verba para a saúde
Redação
02/06/2020 | 03:20

Além de aplicar os recursos federais que recebeu, o governo Fátima Bezerra também aumentou seu investimento próprio em saúde por causa da pandemia da Covid-19. De acordo com a Secretaria Estadual de Planejamento e Finanças, entre janeiro e abril deste ano, foram R$ 310,4 milhões injetados na saúde do Rio Grande do Norte, um aumento de 11,4% em relação ao que foi investido no mesmo período do ano passado (R$ 278,5 milhões). Em 2018, último ano do governo Robinson Faria, o valor tinha sido muito inferior: apenas R$ 73,4 milhões de recursos próprios.

Queda na receita

Justo no momento em que o gasto do Estado com saúde tem aumentado, a receita tem caído. Só para se ter uma ideia, entre abril de 2019 e abril de 2020, a arrecadação de ICMS saiu de R$ 465,6 milhões para R$ 395,9 milhões. Redução de 15% entre um mês e outro. Em maio, cujos dados ainda estão sendo fechados, o tombo deve ser ainda maior.

Novos leitos

A principal despesa do Estado tem sido a abertura de leitos de UTI para atender pacientes com a Covid-19. Em 19 de abril, o Estado não tinha nenhum leito exclusivo para tratar coronavírus. No último domingo (31 de maio), eram 204 leitos críticos.

Despertar

Os desembargadores do Tribunal de Justiça do RN acordaram de um sono profundo e emitiram uma nota nesta segunda-feira sobre a situação tensa que vive o País. Em nota, o TJ manifestou sua “veemente repulsa a qualquer declaração ou conduta que venha a afrontar a autonomia e independência do Poder Judiciário e se direcione a desvirtuar a democracia”.

Péssimo exemplo I

A negligência da Prefeitura de Parnamirim em fiscalizar o cumprimento dos decretos de isolamento social pode levar à cidade ao posto de pior exemplo potiguar no enfrentamento da Covid-19. Basta uma volta pelo centro da cidade para perceber aglomerações e portas abertas em estabelecimentos que deveriam estar fechados. A Guarda Municipal assiste tudo passivamente.

Péssimo exemplo II

Enquanto a postura dos cidadãos e da Prefeitura não mudar, de quase nada adiantarão os esforços para ampliar a rede assistencial para pacientes que vierem a ter Covid-19.

Miranda candidato

O empresário Afrânio Miranda, dono da Miranda Computação, lançou nesta segunda-feira (1º) sua pré-candidatura a prefeito de Natal. Vai concorrer pelo Podemos, do senador Styvenson Valentim. Para estar apto ao cargo, ele se licencia nesta terça (2) da presidência da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN.

Como assim?

Os governadores do Nordeste, que adiantaram quase R$ 50 milhões por 300 respiradores e ficaram a ver navios, precisam explicar direito a história. Não houve uma investigação prévia sobre a idoneidade da empresa?

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.