BUSCAR
BUSCAR
Tráfico
Juiz Federal determina prisão de 4 envolvidos no tráfico de drogas pelo Porto de Natal
Presos são suspeitos de integrarem a quadrilha de tráfico de drogas a partir do Porto de Natal; grupo foi detido no último sábado com 238 kg de cocaína
Redação
07/10/2020 | 11:52

O Juiz Federal Walter Nunes da Silva Júnior, titular da 2ª Vara Federal, determinou prisão preventiva de Emerson Rodes Marques, Marcos Cezar Alexandre Pires Júnior, Lucas Farias Alboitt e Roberto Correa Pinheiro suspeitos de integrarem a quadrilha de tráfico de drogas a partir do Porto de Natal. No caso de Emerson Rodes, pelo fato de ser ex-policial militar, o magistrado determinou que ele seja mantido na carceragem da Polícia Federal.

O quarteto foi preso no último sábado 3 com 238,9 quilos de cocaína pela Polícia Federal. Segundo a apuração, o grupo tentaria enviar a droga escondida em contêineres para a Europa.

Na decisão, o magistrado chamou atenção que o Código de Processo Penal, teve a intenção de traduzir normativamente o pensamento jurisprudencial de que a decretação de medida cautelar pessoal é justificada pela necessidade de assegurar a aplicação da lei penal e da manutenção da ordem pública ou econômica só se mostra idônea quando é para evitar a prática de novos crimes.

“O que se adequa à situação dos autos, na medida em que se trata de tráfico ilícito de entorpecentes de grande porte, reiteradamente registrado em solo Potiguar, havendo o registro, só este ano, da apreensão no Porto de Natal de quase 6 toneladas de cocaína, o que denota ter a cidade se transformado em rota marítima fundamental para esse tipo de atividade criminosa”, escreveu o Juiz Federal Walter Nunes.

Ele observou que a imposição da prisão preventiva, no caso dos autos, ainda se impõe por conveniência da instrução criminal e a finalidade de assegurar a aplicação da lei penal, na medida em que nenhum dos agentes residem no Rio Grande do Norte.

“Os autos evidenciam que residem em cidades no Brasil que estão em posição geográfica nas vizinhanças de países da América do Sul conhecidos por serem locais de onde oriundas as drogas apreendidas, circunstância que há de ser sopesada com o fato de eles integrarem um grupo que comanda considerável parcela do tráfico internacional no País, atividade criminosa que facilita a fuga para o exterior”, completou.

Prisão

A Polícia Federal prendeu quatro pessoas em flagrante no Porto de Natal com 238,9 quilos de cocaína na noite do último sábado 3.

De acordo com a PF, a droga seria enxertada em um contêiner que seguiria para a Europa. A ação aconteceu em conjunto com a Receita Federal.

A prisão do quarteto aconteceu após uma investigação iniciada há um mês sobre uma movimentação suspeita de pessoas e vários veículos em um galpão localizado em Emaús, no município de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal.

Na noite do sábado, um caminhão deixou o local e foi acompanhado por “batedores” e seguidos de perto pelos policiais federais.

O motorista recebeu voz de prisão e, do lado externo, próximo ao portão de entrada do Porto, os outros homens foram presos quando davam cobertura e esperavam o desembaraço da “mercadoria”. Além do caminhão, com eles, foram apreendidos, também, lacres de contêineres não utilizados e três carros, sendo dois, de luxo.

Ao serem conduzidos para a autuação na Superintendência da PF, em Lagoa Nova, todos os presos se recusaram a responder ao interrogatório e invocaram o direito constitucional de só falar em juízo. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.