BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Covid: Depois do Maranhão, DF tem caso suspeito de infecção por cepa descoberta na Índia
Homem fez conexão em Guarulhos em um voo que veio da Índia. Uma pessoa estava infectada com a variante
O Globo
24/05/2021 | 16:16

Um morador do Distrito Federal está com suspeita de ter sido infectado pela variante descoberta na Índia. O paciente é monitorado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), que anunciou uma informação em entrevista na tarde desta segunda-feira. Segundo a pasta, ele está assintomático e não teve contato com outras pessoas após sair na capital.

O homem fez conexão em um voo no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, não havia uma pessoa contaminada pela cepa. Ele está isolado e já realizado o teste RT-PCR, o de maior confiança para o diagnóstico do novo coronavírus. O resultado deve ficar pronto na terça-feira. Até o momento, não há casos confirmados de infecção por variante no Distrito Federal, de acordo com a secretaria.

Tripulante infectado com variante indiana da Covid-19 apresenta piora e é intubado

O paciente indiano, de 54 anos, que estava internado na UTI de um hospital de São Luís, no Maranhão, com sintomas da variante indiana do coronavírus (chamada de B.1.617) precisou ser intubado após apresentar piora no quadro clínico neste sábado, 22.

A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nessa sexta-feira (22).

Ele estava no hospital desde o dia 14 de maio, quando o navio do qual era tripulante, MV Shandong da Zhi, chegou ao litoral maranhense vindo da Malásia.

O navio em que estava o indiano navegava com 24 tripulantes no total. Desses, nove testaram negativo para Covid-19, mas os outros 15 apresentaram testes positivo para o vírus. Do total de infectados, seis foram confirmados com a cepa indiana.

A secretaria afirma, ainda, que 100 pessoas tiveram contato com os infectados. Os testes estão sendo feitos pelo hospital particular em São Luís, onde os pacientes foram infectados foram atendidos.

O caso

Inicialmente, a embarcação saiu do Terminal Marítimo Teluk Rubiah, na Malásia, no dia 27 de março deste ano. Depois, o navio passou pela Cidade do Cabo, na África do Sul, onde embarcaram os 24 tripulantes.

O destino da viagem era o Porto da Madeira, em São Luís. No entanto, um tripulante de nacionalidade indiana, de 54 anos, começou a sentir os sintomas da Covid-19 no dia 4 de maio e teve febre.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.