BUSCAR
BUSCAR
Alimentação
Confira a coluna “Sal & Pimenta” de segunda 22

22/02/2021 | 03:45

Margarina, um péssimo alimento

Margarina sempre será uma péssima escolha! Infelizmente, muitas pessoas ainda não sabem do grau de comprometimento que ela causa em nossa vida, mas estou aqui para te mostrar, tudo bem?

A margarina está presente em nosso dia a dia, desde o café da manhã até o lanche da tarde. Ela está no pão, nas receitas de bolo, na textura do brigadeiro de panela, enfim, em muitas preparações. Mas é um tipo de alimento que você deve cortar de uma vez por todas de sua alimentação.

A margarina foi desenvolvida ainda no século 19 como substituta mais barata da manteiga. Atualmente, encontramos nas prateleiras de mercados pequenos e grandes diversas variações da famosa margarina: com sal, sem sal, light, cremosa, sem gordura trans e aerada. Sua produção consiste no óleo vegetal através da hidrogenação, reação química em que o componente líquido se transforma em sólido.

Depois são adicionados branqueadores e aditivos. A manteiga, por outro lado, é produzida a partir do leite batido. Depois de lavada e manuseada, adquire a forma sólida que encontramos nos mercados. É o processo de hidrogenação que gera a gordura trans da margarina. A gordura trans está presente em muitos alimentos, principalmente naqueles que passam por algum processo químico. Como a gordura trans é fruto de um processo químico, nosso corpo não consegue processá-la como faria com alimentos naturais.

Por esse motivo, o consumo desse tipo de gordura causa desequilíbrio no organismo, como aumento do risco de infarto, disfunções imunológicas, danos ao fígado, distúrbios digestivos, aumento do risco de câncer, doenças cardíacas e principalmente transtornos do metabolismo do colesterol (aumento do LDL). Para que a margarina não prejudique tanto sua saúde, procure substituí-la pela manteiga.

Atenção!

Mas não pense que a manteiga fará bem ao seu organismo. Ela apenas não fará tão mal quanto a margarina. Você pode substituí-la por óleo de coco ou azeite de oliva extra virgem, que possui gorduras boas. Dependendo da receita, pode ser substituída por abacate, sabia dessa? Ou ainda, por castanhas trituradas que possuem uma gordura super saudável. Eu gosto muito de usar azeite extra virgem, pois é muito saboroso, saudável e contém inúmeros benefícios, como o fato de ter ação antioxidante, proteger o coração e o cérebro, reduzir o mau colesterol entre outras coisas. E claro prefira sempre os extra virgem com baixa acidez (até 0,5%)! Isso garante uma melhor qualidade para você trazendo mais benefícios para a sua saúde!

Curiosidades

  • A margarina foi originalmente fabricada para engordar perus. Mas quando os perus começaram a morrer por causa dela, as pessoas que tinham investido na sua pesquisa começaram a procurar uma utilização alternativa que lhes permitisse, no mínimo, recuperar o investimento. Foi nessa altura que alguém se lembrou de juntar um corante amarelo àquela que era uma substância branca, tornando-a mais apetecível para consumo humano e apresentá-la no mercado como um substituto da manteiga.
  • Uma curiosidade perturbadora: a margarina está a uma molécula de ser o plástico! Ela possui 27 ingredientes que existem na tinta de pintar.

Malefícios da margarina

– Triplica risco de doença cardíaca coronária

– Aumenta o colesterol total e o LDL (colesterol ruim) e diminui o colesterol HDL (colesterol bom)

– Aumenta o risco de câncer em 500%

– Reduz a qualidade do leite materno

– Diminui a resposta imunológica

– Diminui a resposta à insulina

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.