BUSCAR
BUSCAR
Informação e opinião
Confira a coluna “Por trás da Notícia” de segunda-feira 11

11/01/2021 | 06:14

PARA ONDE IRÁ BOLSONARO?

Qual será o futuro partido do presidente Bolsonaro? Sem filiação, a reeleição é impossível. Em 2019, Bolsonaro deixou o PSL, partido no qual se elegeu. Não deu certo a tentativa de criação do “Aliança pelo Brasil”. Bolsonaro já se filiou a oito partidos políticos. Atualmente, oportunistas de plantão tentam “atrai-lo”. O PP, sinônimo de “centrão” e escândalos na Lava Jato, seria o maior interessado, porém os atuais dirigentes não abdicam do controle da legenda, o que é reivindicado por Bolsonaro. Foi o PP onde o presidente passou mais tempo na política – 11 anos – e é a legenda, que hoje dispõe de muitos recursos. Em 2020, teve à disposição R$ 140 milhões. Poderá haver surpresa na opção presidencial. Fala-se, que a legenda trabalhada em silêncio seria a “democracia cristã”, a mesma na qual ele iniciou a carreira política, como vereador, em 1989. O antigo PDC é hoje o PC (Partido Cristão), presidido pelo ex-deputado federal José Maria Eymael. O maior obstáculo é o PC não ter bancada federal, nem tempo de horário gratuito. Mas, esse fato “facilita” na formação da base aliada. Em 2018, o PSL era minúsculo e Bolsonaro ganhou a eleição. Ademais, a dificuldade seria resolvida em 2022, com uma coligação ampla, que é permitida na eleição majoritária. A democracia cristã tem expressão internacional, a começar pela primeira ministra Ângela Merkel, da Alemanha.

OLHO ABERTO

  1. Washington DC, o palco da “baderna” ordenada pelo ex-presidente Trump, era chamada por George Washington e Thomas Jefferson, “a cidade sobre a colina”, ou “o farol da democracia”.
  2. Não foi a primeira vez que o “Capitólio” sofreu ataques. Em 1814, já sede do Senado e da Câmara dos Representantes dos EEUU, foi deixado em chamas pelos britânicos e a Casa Branca também.
  3. Outras datas relembram ataques ao mais poderoso país do mundo: 7 de dezembro de 1941, o ataque japonês a Pearl Harbor e o 11 de setembro de 2001, destruição das Torres Gêmeas pelos aviões desviados pela Al-Qaeda.
  4. A essa altura, pouco efeito prático daria o impeachment contra Trump. Faltam 10 dias para o fim do mandato. Para aprovar no Senado, os democratas teriam que convencer 18 republicanos. Impossível.
  5. Melhor será que Trump responda na justiça pelos crimes cometidos, julgado e, se condenado, preso. Ele não pode continuar nas manchetes, no início do governo Biden, cuja missão maior é reconstruir o país.

D. Jaime
D. Jaime Vieira Rocha celebrou 25 anos de episcopado. Na missa de Ação de Graças, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira, homenageou o prelado com “moção” de congratulações. D. Jaime é hoje uma referência da Igreja brasileira. Respeitosos cumprimentos.

Natal
Natal é uma cidade de assalariados e o pagamento do IPTU se transforma em tortura para os orçamentos estrangulados. Considerando a catástrofe epidêmica, seria justo aumentar o desconto para 25% no pagamento antecipado, ao invés de 16% e prorrogar o prazo até 16 de março próximo, no mínimo.

Parcelas
Poderia até dividir em duas parcelas o pagamento antecipado. Medidas desse tipo contribuem para aumentar a arrecadação, em momento de crise.

Rosalba
O projeto político da ex-prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, é se candidatar a deputada estadual em 2022.

Monsenhor Tércio
A morte do Monsenhor Ausônio Tércio de Araújo, de Caicó, desfalca a Igreja Católica de um pastor abnegado, com mais de 60 anos de sacerdócio. As suas marcas de vida vão além do pastoreio e se revelaram na grande contribuição dada à educação e à comunicação social.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.