BUSCAR
BUSCAR
Reconhecimento
“Que roupa é essa, menino!?”: potiguar de Bacurau é homenageada em Parelhas
Dona Tânia, que tem 72 anos e trabalha desde os 15 como costureira, foi homenageada em solenidade na Câmara Municipal de Vereadores
Bruno Vital
16/01/2020 | 17:07

Tânia Maria, ou simplesmente Dona Tânia, autora de uma das frases mais emblemáticas de Bacurau (2019), filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, foi homenageada na noite desta quarta-feira, 15, em Parelhas, cidade localizada na região Seridó do Rio Grande do Norte. Ela recebeu a comenda Senador Dario Pereira e o título de cidadã parelhense das mãos do vereador José Patrocínio Neto.

Moradora do povoado Santo Antônio, na zona rural do município, Tânia revela que a frase “Que roupa é essa menino!?”, pela qual ganhou notoriedade, foi puro improviso. “Eu era figurante e não tinha roteiro, aquelas foram as palavras que saíram da minha boca, mas eu não esperava ficar famosa com essa frase. Disse sem me sentir. Trabalhei mais próximo de Sônia Braga e Silvero Pereira e para eles tudo que eu falava era uma graça só”, conta.

Tânia recebe homenagem em Parelhas por Bacurau. Foto: Rádio Rural AM/JCN/Reprodução
Tânia recebe homenagem em Parelhas por Bacurau. Foto: Rádio Rural AM 1470/JCN/Reprodução

Dona Tânia, que tem 72 anos e trabalha desde os 15 como costureira, foi homenageada em solenidade na Câmara Municipal de Vereadores de Parelhas. “Foi uma sensação muito forte saber que fui reconhecida desse jeito”, diz. A condecoração foi proposta pelo vereador José Patrocínio Neto. “É um momento de reconhecimento dos filhos da nossa terra que prestam serviço ao nosso município. Parabéns a Dona Tânia e a todos os parelhenses”, acrescenta o parlamentar.

O diretor do longa, Kleber Mendonça Filho, parabenizou Tânia Maria pela homenagem por meio das redes sociais:

Sobre a relação com o cineasta, Tânia diz ter feito um novo amigo: “Kleber todo dia me manda mensagem, ele é ótimo. Foi muito bom ter tido essa oportunidade, ganhei muitos amigos. Sou muito feliz por ter participado de Bacurau”.

Segundo Dona Tânia, a aproximação com o diretor aconteceu por meio da atriz Renata Roberta, que procurava por figurantes na região. Ela foi descoberta dentro da própria casa, onde vive com três gerações diferentes de sua família: filha, neta e bisneta. “Eles vieram aqui no povoado, aí Renata bateu aqui em casa para tomar água, foi quando ela me avistou e disse que precisava de alguém com a minha voz e que eu já tava contratada”, relembra Tânia.

Dona Tânia com o elenco do filme durante as filmagens. Foto: Arquivo pessoal/Cedida
Dona Tânia com o elenco do filme durante as filmagens. Foto: Arquivo pessoal/Cedida

O carisma e o talento da costureira, que se descobriu atriz aos 72 anos, já lhe renderam mais um papel na sua nova carreira. Tânia foi convidada para participar do elenco do próximo filme de Leonardo Lacca, ainda sem data de estreia. “Para esse filme eu já fui como atriz mesmo e não figurante. Quando cheguei em Recife para as filmagens me senti a própria Sônia Braga. Passei três dias lá e fui muito bem recebida. Ainda vou voltar para gravar outras cenas”, conta.

Bacurau

Lançado em 2019, o longa de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, venceu o prêmio do júri no Festival de Cannes, na França, e o prêmio de melhor filme na principal mostra do Festival de Cinema de Munique, na Alemanha. As cenas foram filmadas no povoado Barra, comunidade de Parelhas, durante quatro meses e gerou aproximadamente 800 empregos. A pré-estreia de Bacurau aconteceu no povoado em uma exibição gratuita com a presença dos diretores, moradores e elenco.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.