BUSCAR
BUSCAR
Caso do adolescente abandonado
Pai de adolescente encontrado abandonado em casa com 23 cachorros é vereador no RN
A mãe do adolescente se apresentou a delegacia acompanhada do advogado
Redação
24/03/2022 | 14:39

Informações sobre os responsáveis por um adolescente que foi encontrado abandonado em uma casa com cachorros, fezes, urina e sujeira no Rio Grande do Norte começam a surgir. Segundo informações veiculadas pela Inter TV Cabugi, o pai do jovem é um vereador em Mossoró, cujo nome não foi mencionado.

De acordo com o advogado do político, a relação entre ele e a esposa, era conturbada. Ainda segundo o advogado, um pedido de guarda compartilhada solicitado pelo vereador tramita na justiça.

A mãe do adolescente se apresentou a delegacia acompanhada do advogado e foi presa em flagrante pela suspeita de abandono aos animais. O Conselho Tutelar de Mossoró reúne provas para preparar uma denúncia que aponte o crime de abandono de incapaz. Por enquanto, a mulher deve responder pelo crime de maus tratos.

Segundo familiares do jovem, a residência onde ele foi encontrado havia sido alugada há cerca de um ano. Porém, tanto o adolescente quanto a mãe moravam no munícipio de Serra do Mel, localizado a 35 quilômetros de Mossoró.

De acordo com as informações do Conselho Tutetar, a mãe precisou retornar a Serra do Mel, onde ela trabalha, e deixou o menino na residência. Quando foi encontrado, o menino estava emocionalmente abalado.

Entenda o caso

Um adolescente e 23 cachorros foram encontrados sozinhos em uma casa em estado de abandono no fim da manhã de quarta 23 no bairro abolição II, em Mossoró.

No local, não havia comida e nem água. Alguns cachorros maiores passaram a devorar os menores no local.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.