BUSCAR
BUSCAR
Mobilidade
Mesmo com isenção de impostos concedida pela Prefeitura de Natal, linhas de ônibus não serão retomadas
Empresários alegam diminuição de passageiros e aumento do diesel como justificativa da medida
Redação
23/03/2022 | 11:41

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn) decidiu não retornar com as linhas retiradas durante esta semana. A medida acontece mesmo após a Prefeitura do Natal sinalizar a isenção dos Impostos Sobre Serviços (ISS). Ao todo, cerca de 28 linhas estão suspensas desde o início da pandemia e não há previsão de retomada. As informações são do G1 RN.

As linhas retiradas representam 33,7% do total dos trajetos que existiam na cidade até o início de 2020. A justificativa para a remoção, segundo os empresários é a redução de passageiros e aumento de custos.

As linhas retiradas representam 33,7% do total dos trajetos que existiam na cidade até o início de 2020. A justificativa para a remoção, segundo os empresários é a redução de passageiros e aumento de custos.

Para o Seturn, a tarifa que cobriria os custos atuais deveria ser de R$ 5,30. Atualmente, o valor cobrado em dinheiro é R$ 4,00 e R$ 3,90 no cartão de passagem.

Os ônibus que circulam na capital consomem aproximadamente 30 mil litros de diesel por dia e o preço do produto aumentou 25%.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]rn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.