BUSCAR
BUSCAR
Enfrentamento

Covid-19: Índia confirma que vai exportar doses de vacina de Oxford para o Brasil

Vacinas foram desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca
Agência Brasil/Reuters
21/01/2021 | 14:58

O governo da Índia liberou as exportações comerciais de vacinas contra a covid-19. As primeiras remessas serão enviadas na sexta-feira para Brasil e Marrocos, disse o secretário de Relações Exteriores da Índia,  Harsh Vardhan Shringla, nesta quinta-feira (21) à Reuters.ebcebc

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, compartilhou a informação pelas redes sociais. 

Covid-19: Índia vai exportar doses de vacina para brasil nesta sexta
Vacinas AstraZeneca/Oxford - Foto: Reuters/Dado Ruvic/Direitos reservados

As vacinas desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford estão sendo fabricadas no Instituto Serum da Índia, o maior produtor mundial de vacinas, que recebeu pedidos de países de todo o mundo.

O governo indiano suspendeu a exportação de doses até iniciar seu próprio programa de imunização no fim de semana passado. No início desta semana, a Índia enviou suprimentos gratuitos para países vizinhos, incluindo Butão, Maldivas, Bangladesh e Nepal.

O secretário disse que o fornecimento comercial da vacina começaria na sexta-feira, de acordo com o compromisso do primeiro-ministro Narendra Modi de que a capacidade de produção da Índia seriam usadas por toda a humanidade para combater a pandemia.

“Seguindo essa visão, respondemos positivamente aos pedidos de fornecimento de vacinas manufaturadas indianas de países de todo o mundo, começando pelos nossos vizinhos”, disse ele, referindo-se ao fornecimento gratuito.

“O fornecimento das quantidades comercialmente contratadas também começará a partir de amanhã, começando por Brasil e Marrocos, seguidos pela África do Sul e Arábia Saudita”, acrescentou.

Doses

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, declarou em entrevista coletiva na segunda-feira  que a conclusão da viagem para trazer um carregamento de vacinas importadas da Índia deveria ter uma resolução ainda “nesta semana”.

“Estamos contando com essas 2 milhões de doses para que a gente possa atender mais ainda a população”, informou Pazuello na ocasião.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Segurança de Trump é questionada após ataque em comício na Pensilvânia
Ex-presidente é ferido por atirador; investigação foca no Serviço Secreto e colaboração com FBI
14/07/2024 às 07:18
Biden se confunde e chama presidente da Ucrânia de “Putin” em discurso; veja
Democrata se corrigiu em seguida, afirmando que está muito focado em derrotar o líder russo
11/07/2024 às 20:47
Rússia promete retaliar EUA após anúncio de armas de longo alcance na Alemanha
Kremlin diz estar preparando medidas para contrapor promessas feitas pela Otan
11/07/2024 às 18:20
Eurocopa: rei Charles faz pedido inusitado a jogadores da Inglaterra
Ingleses se classificaram à final do torneio após vitória apertada diante da Holanda nesta quarta-feira 10
11/07/2024 às 18:00
Avião com destino a Guarulhos retorna a aeroporto de Milão após bater cauda durante decolagem
O voo LA8073 partiu às 8h07 (hora de Brasília) e fez o pouso de volta às 9h37
10/07/2024 às 16:43
“Não existe saída individual na América do Sul”, diz Lula na Bolívia
Assinatura de acordos em diversas áreas marca visita oficial ao país
09/07/2024 às 17:43
Brasileiro morre em combate após dois anos como voluntário na Guerra da Ucrânia
Murilo Lopes Santos faleceu em Zaporizhzhia, às margens do Rio Dnipro
08/07/2024 às 22:03
Brasil paga R$ 847 milhões a órgãos internacionais no 1º semestre
Governo quitou integralmente contribuição regular às Nações Unidas
03/07/2024 às 19:17
EUA anunciarão novo pacote de R$ 13 bilhões para Ucrânia, diz Pentágono
Pacote fornecerá novos interceptadores de defesa aérea, armas antitanque e outras munições dos estoques americanos, segundo secretário da Defesa americano
02/07/2024 às 19:15
Furacão Beryl, que já faz vítimas no Caribe, abre caminho para temporada muito perigosa, diz ONU
Este é o furacão de categoria 5 mais precoce já registrado na bacia do Atlântico, Caribe e América Central
02/07/2024 às 18:16