BUSCAR
BUSCAR
Investigação
Falso motoboy que aplicou golpes contra idosas em Natal é preso em São Paulo
Felipe Fernando Ribeiro de Oliveira se passou por funcionário terceirizado de banco e fez transações bancárias que resultaram em um golpe de R$ 16 mil
Redação
21/01/2021 | 12:53

Um homem suspeito de cometer estelionato contra duas idosas em Natal foi preso no estado de São Paulo na última segunda-feira, 18. O crime foi cometido no dia 16 de junho de 2020, no bairro do Tirol, segundo o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN).

Segundo o MPRN, as duas idosas receberam ligação telefônica de uma pessoa que se dizia funcionário do banco onde ambas possuíam conta corrente. Foi informado que compras estariam sendo feitas com o cartão bancário das correntistas e que, por tal motivo, um funcionário do banco seria encaminhado à residência delas para coletar os cartões bancários. 

Falso motoboy que aplicou golpes contra idosas em natal é preso em são paulo
MPRN cumpriu um mandado de prisão preventiva contra o suspeito. Foto: MPRN

Ainda de acordo com o Ministério Público, no telefonema, foi solicitado às vítimas que digitassem as senhas no próprio telefone fixo, artifício utilizado para o acesso ao referido código pelo estelionatário. O criminoso, identificado como Felipe Fernando Ribeiro de Oliveira, chegou à casa das idosas portando crachá do banco e identificando-se como funcionário terceirizado, coletando os cartões. 

Posteriormente, já de posse dos cartões, ele se dirigiu à agência bancária e, no caixa eletrônico, realizou diversas transações, causando um prejuízo inicial superior a R$ 16 mil.

MPRN cumpriu um mandado de prisão preventiva contra o suspeito. A prisão ocorreu na segunda-feira (18) em São Paulo e a denúncia foi oferecida contra ele nesta quarta-feira (20) pela 54ª Promotoria de Justiça de Natal.

Segundo o MPRN, as investigações indicaram que o criminoso já respondia pelo crime de roubo a mão armada, bem como, que cumprindo pena, viajava por vários estados do Brasil, com a finalidade de praticar crimes dessa natureza. O golpe ficou conhecido “falso motoboy”.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do Ministério Público do Rio Grande do Norte, iniciou a investigação em junho de 2020, quando o suspeito fez vítimas no estado. Ficou comprovado que ele viajava pelo Brasil aplicando o mesmo golpe.  

Ele permanecerá preso no estado de São Paulo e as investigações do MPRN continuarão para esclarecer se há a participação de outras pessoas na prática.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.