BUSCAR
BUSCAR
Informação e opinião
Confira a coluna “Por trás da Notícia” de Ney Lopes desta sexta 19

20/02/2021 | 09:43

Vacina, auxílio e reformas

Consenso em torno da prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira: a Câmara não pode perder tempo com um deputado extremista e prejudicar a pauta para a retomada da economia, que se resume a vacinação, auxilio emergência e reformas.

Encontro
O deputado Arthur Lira, em encontro com Bolsonaro, opinou que o presidente deve afastar-se do episódio e a tendência da Câmara será manter a prisão.

STF
O presidente concordou em não se indispor ainda mais com o STF. Entretanto, o seu filho Eduardo Bolsonaro postou no Twitter que votaria pela libertação do colega.

Almoço
No almoço de ontem, dos presidentes do Senado e da Câmara com os ministros Guedes e Ramos, ficou acertada a manutenção da pauta econômica e o retorno do auxílio emergencial.

Representação
A mesa da Câmara propôs representação no Conselho de Ética para punir o deputado e tentar relaxar a prisão, evitando a votação no plenário.

Punição
O pedido é para a cassação do mandato, por faltar com o decoro parlamentar. Diz-se que a tendência seria suspensão do mandato por seis meses.

Prisão
Na audiência de custódia de ontem, o juiz Aírton Vieira, do gabinete do ministro Alexandre Moraes, atendeu o MP e manteve preso o parlamentar. Agora, a Câmara decide hoje, às 17 horas, se confirma ou derruba a ordem de prisão.

Confronto

Pode mudar, porém, o sentimento geral na Câmara é evitar o confronto com o STF. A alternativa seria negociar a libertação controlada de Silveira, com medidas restritivas, como usar tornozeleira eletrônica.

Incrível Huck
“Indecisão” resume a posição do apresentador Luciano Huck sobre a candidatura à Presidência da República. Uma das causas é a saída de Faustão da Globo e a possibilidade de ele assumir o espaço aos domingos.

Substituto

Caso opte por candidatar-se, o substituto será Márcio Garcia, o apresentador do programa Tamanho Família. A esposa Angélica terá também o seu programa “Simples assim” fora do ar.

Dilema

O maior dilema é a escolha de um partido. Ele tem intensificado conversas com os seus conselheiros, ex-governador Paulo Hartung e o economista Armínio Fraga.

Hipótese

Ao deixar a presidência da Câmara, Rodrigo Maia comunicou a Huck a impossibilidade dele filiar-se ao DEM, pelo compromisso do partido com o bolsonarismo. AMC Neto telefonou ao apresentador, negando a informação.

Oferta

Rodrigo Maia propôs três alternativas: filiar-se ao PSL, dono de milionário fundo partidário; migrar para o PSDB de João Doria, ou liderar uma fusão de Cidadania, Rede e PV.

Obstáculos

A última hipótese tem dificuldades. A ex-senadora Marina Silva resiste em extinguir a Rede. O PV vive crise interna, com a tentativa de afastar o presidente José Luiz Penna. Exceção é o “Cidadania”, cujo presidente, o ex-deputado comunista Roberto Freire, aplaude de pé a candidatura de Huck (!!!).

OLHO ABERTO

Confirmação
A assessoria do empresário paulista Luiz Roberto Barcelos, a propósito da nota publicada sobre a candidatura dele a governador do RN, confirma a sua entrada na política estadual em 2022, como candidato a deputado federal. Barcelos conta com o prefeito de Mossoró, Alysson Bezerra, a quem apoiou na última eleição de Mossoró. Irá encontrar-se com a governadora Fátima Bezerra em março, por “quem tem grande admiração e respeito”. Poderá ser o José Alencar da política do RN?

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.