BUSCAR
BUSCAR
Escrita
Confira a coluna “Desenrolando a Língua” do prof. João Maria de Lima desta quinta-feira 24

24/12/2020 | 07:06

Natal sem presente

A origem da palavra “natal” é do Latim “natale”, forma reduzida de “natalis dies”, dia do nascimento. De “nataliciu”, relativo ao dia do nascimento, veio o português “natalício”. Em espanhol, “Navidad” é a redução de “nadividad”, do Latim “nativitate” (em português, existe a palavra “natividade”, nascimento de Cristo e dos santos.

Pesquisa mostra que 55% dos consumidores da capital potiguar pretendem usar o dinheiro extra para a comprar de presentes, segundo a Fecomércio RN

A palavra “extra” tem trajetória longa. Antigamente, dizia-se “extraordinário”, mas a lei do menor esforço prevaleceu, e o termo virou “extra”, mantendo o sentido e a flexão do plural: dinheiro extra; hora extras; edição extra; edições extras. Pede hífen quando seguido de “a” e “h”. Só. No mais, é tudo junto e misturado: extra-hospital; extraclasse; extra-abdominal; extraordinário.

Prazo da justiça para a suspensão da reintegração de posse do prédio acaba nesta terça-feira, 22, porém, as famílias ainda não receberam nenhuma atualização sobre para onde devem ir

Muita gente confunde o emprego de “onde” e “aonde”. Este último só é usado com verbo de movimento que exige a preposição “a”: “Aonde vamos?” “Não se sabe aonde ele foi.” Já o termo “onde” é usado com verbos estáticos, ou seja, que não indicam movimento: “Onde está você?” “Você mora onde?” Na notícia, vemos um “para onde”, que é a expressão equivalente a “aonde”. O texto bem que poderia ser: … nenhuma atualização sobre aonde devem ir.

Comissão de Justiça encerra ano com recorde de projetos

Atenção à pronúncia de “recorde”. Trata-se de paroxítona, cuja sílaba tônica é “cor”. Pronuncia-se /reCORde/, como conCORde e aCORde.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.