BUSCAR
BUSCAR
Escrita
Confira a coluna “Desenrolando a Língua” de sexta-feira 19
Prof João Maria Lima
19/02/2021 | 09:22

Dupla do barulho

Uma dupla que dá o que falar é a dupla negativa. Alguma lenda do nosso idioma já vendeu a ideia de que duas palavras negativas juntas dariam uma positiva. Pois é. Trata-se de lenda, ou para usar uma palavra da moda, “fakenews”. Podemos usar tranquilamente duas palavras como essas na mesma frase.

POIS BEM
Assim, frases como “Não disse nada” e “Ninguém lhe perguntou coisa nenhuma” estão corretas.

MAS
São consideradas inadequadas frases em que haja uma negativa antes (ninguém, nada, nem…) e o advérbio “não” depois, como nestes casos: “Nem eu não pude ver”; “Ninguém não fez”. Basta eliminar o “não” para as frases ficarem corretas.

NADA ANTES
Essa palavra, de fato, merece atenção especial. Antes do verbo, ela dispensa outra negativa: “O aluno nada fez em sala”; “Os jornais nada publicaram sobre o ocorrido”.

NADA DEPOIS
Se vem depois do verbo, pede outra negativa: “O aluno não fez nada em sala”; “Os jornais não publicaram nada sobre o ocorrido”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.