BUSCAR
BUSCAR
Social
Confira a coluna de Daniela Freire desta terça-feira 8

08/12/2020 | 06:56

Propagação elevada
O prefeito de Natal Álvaro Dias acabou admitindo em seu perfil no Twitter, neste domingo, que há “elevada propagação do vírus” na capital potiguar neste momento. “Estamos trabalhando e tomando as medidas necessárias para combater o coronavírus em Natal”, disse ele ao falar sobre o assunto.

2ª onda
Álvaro, que não voltou a prescrever ivermectina ao natalense – remédio que ele garantiu, na primeira onda, ser o responsável pela diminuição de casos na época -, afirmou que está tentando evitar uma segunda onda na cidade. “Estamos atentos e trabalhando, reforçando as medidas de prevenção e mantendo a todo vapor o atendimento de saúde à população”, escreveu.

Atenção
O prefeito reconheceu também que agora é preciso reforçar as “medidas restritivas” em nossa cidade. “Precisamos reforçar as medidas restritivas neste momento”, ressaltou.

Lei Seca
Para tentar conter a covid-19, desde ontem, a venda de bebidas alcoólicas está proibida em bares e restaurantes de Belo Horizonte (MG). E os comerciantes que forem pegos descumprindo regras serão multados e poderão ter o estabelecimento fechado.

Copia e cola…
A Prefeitura de Natal podia seguir o exemplo e tomar atitudes como essa antes que chegue janeiro…

Feriado
O deputado estadual Sandro Pimentel quer que o Dia Estadual da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, vire feriado no RN. Para isso, ele apresentou projeto de lei com o argumento de que é preciso divulgar a cultura negra. No texto da proposta, o parlamentar destacou dados da realidade de discriminação racial no Brasil.

Nomes de rodovias
O deputado estadual Gustavo Carvalho apresentou Projeto de Lei na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para que se torne obrigatória a disponibilização, no site do Governo do Estado, de uma breve descrição biográfica das pessoas que deram nomes as rodovias estaduais.

Descritos
De acordo com o Projeto, o texto deve conter a trajetória de vida da pessoa homenageada com dados precisos, incluindo nomes, locais e datas dos principais acontecimentos. Ele justificou que o projeto de lei tem como medida valorizar a cultura estadual, construindo uma identidade regional. “Importantes cidades brasileiras como São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro adotaram ações semelhantes”, comparou.

Cobrança global
E Luciano Huck cobrando as vacinas de Bolsonaro, hein?! “Nos EUA, 20 milhões de pessoas devem ser vacinadas ainda este ano. E aqui no Brasil, ainda falta o básico: um plano para imunização da população com datas, informações transparentes e planejamento”.

Eita!
Huck disse mais para o presidente Bolsonaro (nas entrelinhas): “Vacina é um direito de todos e um dever do Estado. O vírus não é de esquerda ou de direita. É um problema da ciência. Não cabe politicagem quando o assunto é a saúde da população. O Brasil exige um planejamento sério que garanta vacina para todos”.

Luz
Pelo menos ontem o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que vai se reunir com os governadores para discutir novas opções de vacina. Reunião marcada para a manhã de hoje, durante a qual espera-se que o ministro aborde as estratégias de vacinação.

‘Capirinha’
O leilão de uma das telas modernistas da pintora Tarsila do Amaral, ‘Caipirinha’, programado para o dia 17 deste mês na Bolsa de Arte, em São Paulo, está pedindo a bagatela de R$ 47 milhões para o lance mínimo, recorde para um pintor brasileiro. A obra foi pintada em 1923.

Rápidas

Derrotado no STF, Davi Alcolumbre “descarta recurso à decisão e aponta decepção com Planalto”. Segundo a Folha de S.Paulo, o presidente do Senado disse a pessoas que lhe telefonaram que apoiará nome de seu grupo, não apadrinhado por Bolsonaro.

Alexandre de Moraes decidiu que Bolsonaro não tem direito a desistir de depoimento em inquérito sobre interferência na PF. O ministro ainda pediu ao presidente da Corte, Luiz Fux, que paute com ‘urgência’ a continuidade do julgamento que vai decidir sobre forma de interrogatório do presidente.

A vacinação contra covid começa em 25 de janeiro em São Paulo, com profissionais de saúde e idosos. O governador João Dória não quer nem esperar os resultados de eficácia e o registro da Anvisa. É assumir uma responsabilidade arriscada.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.