BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Confira a coluna de Daniela Freire desta sexta, 6
Decisão publicada prorroga por trinta dias os trabalhos da Comissão de Sindicância Punitiva que apura suposta má conduta de Josué Moreira
Daniela Freire
06/11/2020 | 05:40

Engavetando?

Uma decisão publicada nesta quarta-feira pela atual reitoria do IFRN prorroga por trinta dias – e pela terceira vez – os trabalhos da Comissão de Sindicância Punitiva que apura suposta má conduta de Josué Moreira, nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro reitor pro-tempore do Instituto Federal do Rio Grande do Norte através da Portaria MEC 405/2020, no dia 17 de abril. Na academia, o que se comenta é que a intenção é de engavetamento geral do processo.

Ações

Ministro do Desenvolvimento Regional, o potiguar Rogério Marinho apresentou nesta quinta-feira, na Comissão do Senado que acompanha a situação do Pantanal, algumas medidas que governo Jair Bolsonaro tomou, por meio do ministério que ele comanda, para apoiar o combate aos incêndios na região.

Prioridade?

Segundo o ministro potiguar, houve a disponibilização de cerca de R$ 45,7 milhões para ações de enfrentamento às queimadas e recuperação.
“Nossas equipes da defesa civil visitaram os estados para auxiliar na construção dos planos de trabalho para a ação emergencial. A orientação do presidente foi não medir esforços para combater os incêndios”, afirmou Rogério.

Posição

Na Assembleia Legislativa, o caso da influenciadora Mariana Ferrer repercutiu em plenário na última quarta-feira 4. A deputada Eudiane Macedo (Republicanos) afirmou que “aquela situação é algo humilhante para as mulheres”.
Ela se referia ao vídeo que mostra como a vítima foi tratada no julgamento do empresário André de Camargo Aranha, acusado de estuprá-la.

Alerta

“Naquela audiência, um momento que não tinha ninguém para defendê-la do advogado do réu e agressor e ela como vítima, passou a ser agredida”, comentou Eudiane, que faz parte da Frente Parlamentar da Mulher na Assembleia Legislativa.

Realidade

A deputada aproveitou para fazer um breve panorama dos preconceitos vividos pelas mulheres. “Não podemos postar fotos nas redes sociais de biquíni ou nos vestir da maneira que gostamos de nos vestir?”, questionou.
“Não é porque a mulher bebeu ou ingeriu alguma coisa que essa mulher possa ter seu corpo invadido”, declarou Eudiane.

Papi

Os grupos Delfin Saúde e Incor Natal realizaram, na manhã desta quinta-feira 5, no Hotel Barreira Roxa, em Natal, a assinatura da ordem de serviço para recuperação do prédio do antigo Hospital Papi que foi comprado, no mês de março deste ano, por R$ 18,9 milhões, e que funcionará anexo ao Hospital Rio Grande.

Amplo investimento

O investimento permitirá a ampliação de serviços de saúde especializados, como urgência pediátrica, obstetrícia, ginecologia, ortopedia, oncologia, neurocirurgia, incluindo uma Unidade Materno Infantil e o Instituto de Câncer e ainda o aumento de leitos de UTI Neo Natal e UTI Adulto, garantindo inclusive a possibilidade de oferta de serviços tanto para a saúde suplementar como para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Interesse

“Deputados bolsonaristas se articulam para colocar aliado no comando da Fiocruz”. A novidade foi publicada pelo Estadão nesta quinta e conta que os parlamentares se mobilizam para que o analista de gestão da Fiocruz Florio Polonini tenha maioria de votos para integrar lista tríplice que será encaminhada ao Palácio do Planalto para a escolha do novo presidente da instituição de pesquisa.

Dominar

Os parlamentares bolsonaristas, adivinhe, acusam a entidade de aparelhamento político. É para rir ou para chorar! E eles dizem que querem “uma Fiocruz ‘neutra’”, mas comandada por aliados de Bolsonaro! Neutra para quem? Os servidores da Fiocruz votam virtualmente entre os dias 17 e 19 de novembro e devem escolher três nomes.

Violência…

Falando na Assembleia, também nesta quarta, a deputada Cristiane Dantas (Solidariedade) chamou a atenção para um caso de perseguição. Nesse caso, perseguição política, que aconteceu em São José de Mipibu, e que segundo a parlamentar, tem se repetido em outros municípios.

…Nas campanhas

“Um comunicador da região foi perseguido de São José até Natal por homens contratados para fazer essa intimidação. É inconcebível que nos dias de hoje a democracia ainda seja ameaçada para mudar os rumos do pleito”, lamentou Cristiane.

Proteção

A parlamentar ressaltou que esse tipo de situação não será aceita e pediu a atuação do Ministério Público, da Justiça Eleitoral e da Secretaria Estadual de Segurança para que se tome providências.

Tropas bem vindas

Quem também lamentou a violência registrada em municípios do RN durante o período eleitoral, denunciada pelos colegas em plenário, foi o deputado Vivaldo Costa (PSD). Ele chamou a atenção e elogiou o fato de que o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira, tem aplaudido o papel do Tribunal Regional Eleitoral em recrutar forças do Exército Brasileiro e da Polícia Federal para acompanhar o pleito no Estado.

Controle

O deputado Coronel Azevedo (PSC) também comentou a violência registrada nas campanhas pelo interior. E registrou a presença dele, nesta terça-feira, em reunião do Movimento Articulado de Combate à Corrupção, na qual os candidatos a prefeito de Natal assinaram um documento com uma pauta anticorrupção. Ele explicou que, no documento, o Marcco cobra controle, transparência, pregão eletrônico e rigidez em licitações do gestor que for eleito na capital.

Diversão

O elenco de Detetives do Prédio Azul se apresenta pela primeira vez em Natal nos dias 7 e 8 de novembro, no estacionamento externo da Arena das Dunas. O espetáculo (em formato drive-in) “D.P.A. – Um Mistério no Teatro” é inspirado na série infanto-juvenil de sucesso do canal Globo.

RÁPIDAS

Deu em Tales Faria, do UOL: “Ordem unida entre os militares de alta patente do Brasil: evitar a todo custo brigas com os bolsonaristas de raiz. Na avaliação do militares, o importante é não empanar as “boas perspectivas para o Brasil” trazidas pela virada de Joe Biden na contagem de votos da eleição presidencial dos EUA”.

Biden quer “recomeçar do zero” relação com Bolsonaro, segundo o colunista de Veja Thomas Traumann. Que informa que assessores do candidato americano dizem que a relação vai depender da ação brasileira para preservar a Amazônia.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decidiu bloquear R$ 143,5 milhões das contas de Isabela Odebrecht, mulher do empresário Marcelo Odebrecht, e das três filhas do casal. Decisão tomada a pedido do grupo Odebrecht, que tenta reaver valores pagos a Marcelo, ex-presidente e neto do fundador da empresa, como indenização por sua colaboração com as investigações da Operação Lava Jato.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.