BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Confira a coluna de Alex Viana deste sábado 5

05/12/2020 | 11:06

QUALQUER VACINA I

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta sexta-feira que tomaria “qualquer vacina” contra a Covid-19, desde que ela tenha sido certificada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

QUALQUER VACINA II

Mourão deu a declaração após ser questionado se tomaria a CoronaVac, imunizante que está sendo desenvolvido por um laboratório chinês. O presidente Jair Bolsonaro, por outro lado, já disse que não tomará nenhuma vacina contra a doença, independente da origem.

CONTA BLOQUEADA

A juíza Claudia Batista, da 1ª Vara Empresarial de Belo Horizonte, responsável pela recuperação judicial da MMX Sudeste acaba de determinar o bloqueio de R$ 792,4 milhões de Eike Batista. É o dinheiro que Eike se comprometeu a usar para pagar o seu acordo de delação premiada, homologada há exatamente um mês pela ministra Rosa Weber.

GABINETE DO ÓDIO

Depoimentos prestados no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga atos antidemocráticos indicam que funcionários do Palácio do Planalto, integrantes do chamado “gabinete do ódio”, são responsáveis por uma rede de informações privilegiadas sobre o presidente Jair Bolsonaro com blogueiros bolsonaristas. Parte dos youtubers afirma receber até R$ 100 mil mensais com o conteúdo.

SUBORNO I

A empresa chinesa Sinovac, desenvolvedora da vacina para Covid-19 que será produzida no Brasil em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo estadual de São Paulo, envolveu-se em casos de suborno ao governo chinês. A informação foi revelada nesta sexta-feira 4 em reportagem do jornal americano Washington Post.

SUBORNO II

Segundo a publicação, que teve acesso a registros de tribunais chineses, o fundador e CEO da empresa, Yin Weidong, admitiu ter repassado mais de US$ 83 mil em propina para um funcionário da agência reguladora chinesa, Yin Hongzhang, e também para sua esposa, entre 2002 e 2011. O caso foi julgado em 2016.

NEGOCIAÇÃO

O presidente Jair Bolsonaro avalia abrir espaços em ministérios e em cargos estratégicos para que congressistas apoiem os candidatos do Palácio do Planalto nas disputas em 1º de fevereiro do ano que vem — a principal meta é derrotar o atual detentor do posto na Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na avaliação de auxiliares do presidente, ele não vai “repetir o erro” de 2019 de não interferir na eleição da Câmara.

DOSES GARANTIDAS

A farmacêutica Pfizer já vendeu para a América Latina quase 60 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 que desenvolve em parceria com a empresa de biotecnologia alemã BioNTech. Embora nenhum dos países latinos compradores tenha aprovado a imunização até o momento, as primeiras doses começam a ser entregues ainda em dezembro e as campanhas de vacinação podem começar em janeiro em alguns locais. As doses vendidas para México, Chile, Peru, Costa Rica e Equador somam, até o momento, 59,4 milhões.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.