BUSCAR
BUSCAR
Política
Confira a coluna de Alex Viana desta terça-feira 8

08/12/2020 | 06:17

MAIORIA FEMININA I
Das 5.567 cidades brasileiras que já realizaram as eleições deste ano, apenas 44 terão maioria de mulheres na Câmara Municipal a partir de 2021. Em sua maioria, são cidades pequenas, com menos de 20 mil habitantes, e quase sempre governadas por prefeitos homens.

MAIORIA FEMININA II
Apesar dos avanços, somente três cidades brasileiras terão o raro cenário de maioria feminina nas câmaras municipais e uma mulher no comando do Poder Executivo. Uma delas é Paraú, no Rio Grande do Norte.

MAIORIA FEMININA III
Também é do Rio Grande do Norte a 2ª cidade do País com a maior proporção de mulheres na Câmara Municipal: Espírito Santo, onde seis das nove cadeiras serão ocupadas por elas.

BAIXA REPRESENTAÇÃO
No geral, porém, os dados revelam que os legislativos municipais brasileiros ainda estão distantes de ter uma paridade de gênero. Do total de vereadores eleitos no pleito deste ano, cerca de 16% são mulheres.

COBRANÇA DE VACINA I
Governadores têm encontro marcado nesta terça com o ministro Eduardo Pazuello (Saúde). A expectativa deles é que o governo federal anuncie o compromisso de adotar múltiplas vacinas na imunização da população contra a Covid-19.

COBRANÇA DE VACINA II
Até o momento, o Ministério da Saúde tem apostado na vacina produzida pelo laboratório AstraZeneca, a ser fabricada na Fiocruz. Mas a perspectiva é a de que o imunizante só fique pronto em março.

COBRANÇA DE VACINA III
O governador de São Paulo, João Doria, anunciou ontem que deve começar em janeiro a vacinação da coronavac, produzida pela chinesa Sinopec no Instituto Butantan. Nesta semana, o Reino Unido inicia a imunização em massa com a americana Pfizer.

COBRANÇA DE VACINA IV
Diante do avanço em outras frentes, os governadores pressionam Pazuello a comprar vacinas de outros laboratórios, o que é alvo de resistência de Jair Bolsonaro, que já declarou que o Brasil não compraria a vacina chinesa.

COBRANÇA DE VACINA V
Após pressão sobre o governo federal para acelerar os planos de começar a vacinação no País, o Ministério da Saúde informou na noite desta segunda-feira 7 que avançou em negociações de 70 milhões de doses do imunizante contra a Covid-19 desenvolvido pela farmacêutica americana Pfizer e a alemã BioNTech.

COBRANÇA DE VACINA VI
O total, previsto para 2021, é suficiente para 35 milhões de brasileiros – são necessárias duas doses para cada pessoa. A Pfizer relatou 95% de eficácia do produto em testes.

MDB DE VOLTA I
Com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de barrar a reeleição de Davi Alcolumbre (DEM-AP), o MDB, maior bancada do Senado, vai tentar voltar ao comando da Casa. Entre aliados de Alcolumbre, o partido é apontado como favorito, mas outras bancadas correm por fora. Na prática, o julgamento do Supremo fez o cenário retornar à estaca zero. Dentro do xadrez, senadores ainda aguardam o “plano B” de Alcolumbre na eleição.

MDB DE VOLTA II
O líder do MDB, Eduardo Braga (AM), é apontado como possível candidato. Eduardo Gomes (TO), líder do governo no Congresso, também é citado. O MDB tem atualmente 13 integrantes no Senado. O líder do governo na Casa, Fernando Bezerra Coelho (PE), e a senadora Simone Tebet (MS) também são colocados.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.