BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Confira a coluna de Alex Viana desta quarta-feira, 7
Respostas na ponta das línguas
Alex Viana
07/10/2020 | 05:48

FLERTE PERIGOSO

“Despreparado”. É assim como o ministro Paulo Guedes (Economia) chama “carinhosamente” o potiguar Rogério Marinho (Desenvolvimento Econômico). Rogério, por sua vez, diz que a política de responsabilidade fiscal de Guedes está errada e propõe furar o teto de gastos, algo que pode levar o governo Jair Bolsonaro à bancarrota econômica internacional.

NOTA REBAIXADA

Basta, para tanto, que as agências de risco rebaixem a nota do Brasil, o que, segundo os analistas, pode acontecer, caso o Brasil desequilibre sua política de austeridade. Aliás, o passado recente (governo Dilma Rousseff) já fez isso e terminou se dando muito mal. Rogério flerta com o perigo.

DA POLÍTICA

Impressionante como nossa classe política “brinca com fogo”. Parece que o bem estar geral da população está sempre em segundo plano. O que vale mesmo é manobrar para se sair bem. O resto que se dane para lá.

ESCONDIDA

Durante a pandemia, a governadora Fátima Bezerra se escondeu e tentou proteger a população, determinando o isolamento social e suspendendo praticamente todas as atividades econômicas, exceção feita aos serviços essenciais.

CAMALEÃO

Já o prefeito Álvaro Dias agiu de modo inverso. Inicialmente associou-se ao discurso negacionista do presidente Jair Bolsonaro e, em um segundo momento, encampou a linha dos empresários, que gostariam de abrir as atividades econômicas, mesmo com o número de casos de Covid-19 e de mortes em alta.

INCOERÊNCIA

Agora, na campanha eleitoral, e com os números de casos rarefeitos, Álvaro usa da caneta administrativa para baixar um decreto proibindo carreatas, passeatas, reuniões e comícios, em um claro ato visando favorecer sua reeleição. Enquanto Fátima liberou todas as atividades coletivas e eventos públicos (desde que não sejam de grande porte), inclusive as relacionadas às eleições. À primeira vista, um desafio ao decreto de Álvaro?

GANHA TEMPO

Mesmo que a Justiça revogue o decreto do prefeito Álvaro Dias proibindo reuniões públicas, o candidato à reeleição terá ganhado mais uma semana, numa eleição cujo primeiro turno acontecerá em pouco mais de um mês. Dessa forma, Álvaro continua jogando bem: ganhando tempo e evitando o confronto com adversários.

SEM PAPAS

O vereador Fernando Lucena está anunciando uma “live” com o ator Zé de Abreu na próxima sexta-feira às 20h. Pela linha dura do vereador petista e o estilo sem meias palavras de Zé de Abreu, a live vai dar o que falar. Prometem esmiuçar assuntos locais do governo Bolsonaro e até do de Fátima Bezerra?

PICARETAGEM

Por falar em Lucena, chamou a atenção o pronunciamento dele na Câmara “sentando a chibatada” no correligionário Cipriano Maia, secretário estadual de Saúde. Bem a seu estilo, Lucena questionou contratos realizados pela Secretaria de Saúde do Estado com uma Oscip. “Eu estou denunciando aqui é a picaretagem Quem é o chefe da picaretagem? Cipriano Maia”, disse.

CAMPANHA MORNA

Com quase 750 candidatos, a eleição para vereador em Natal começou mais fria que gelo. Além do natural receio da pandemia, vigora descrédito da classe política.

VITÓRIA

Em Parnamirim, a desunião dos candidatos de oposição está favorecendo a reeleição do atual prefeito, Rosano Taveira (Republicanos). Com cinco adversários fracos, Taveira deve levar fácil. A não ser que aconteça uma hecatombe.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.