BUSCAR
BUSCAR
Mudanças

Governo confirma trocas nos comandos de 2 secretarias e 3 órgãos do Estado

Alterações, segundo o governo, têm como objetivo “alinhar a gestão” e fazem parte das medidas de “combate à crise com vistas à retomada do equilíbrio financeiro do Estado”
Redação
07/12/2017 | 12:34

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte confirmou nesta quinta-feira, 7, mudanças nos comandos de duas secretarias e três órgãos da administração. As alterações, segundo o governo, têm como objetivo “alinhar a gestão” e fazem parte das medidas de “combate à crise com vistas à retomada do equilíbrio financeiro do Estado”.

Na Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), a primeira-dama Julianne Faria, que já havia anunciado sua saída durante a madrugada, será substituída por Vágner Araújo, que continuará também à frente da coordenação do programa Governo Cidadão, que realiza ações com recursos do Banco Mundial.

governadoria

Já na Secretaria de Relações Institucionais, o comando a partir de agora ficará a cargo da jornalista Estella Dantas, que substitui o ex-prefeito de Várzea Getúlio Ribeiro, que será deslocado para a Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsep).

No Departamento Estadual de Trânsito (Detran), assume o ex-secretário de Esporte e Lazer de Natal Eduardo Machado, em substituição a Júlio César Câmara, que voltará ao comando da Empresa Gestora de Ativos do RN (Emgern), da qual foi diretor até o início do passado, quando se afastou para concorrer à Prefeitura de Ceará-Mirim.

Em nota, o Governo do Estado agradeceu o trabalho dos secretários, que “contribuíram para que governador Robinson Faria realizasse os compromissos assumidos”.

Além disso, “o governador agradece a secretária Julianne por ter conduzido as ações necessárias para cumprir o que foi prometido por ele à população: fazer primeiro pelos que mais precisam; atender aos mais carentes”. “Não faltaram por parte do governador Robinson Faria, em momento algum, o apoio irrestrito e as condições técnicas e orçamentárias necessárias para a realização deste trabalho como prioridade”, diz a nota.

Lula prometeu cumprir arcabouço fiscal em conversa com ministros: “Não abro mão”
Segundo o ministro das Relações Institucionais, presidente disse que regra ajuda a ampliar investimentos no país e recuperar políticas sociais
12/07/2024 às 20:15
Investigados mentiram para proteger Bolsonaro em caso das joias, diz PF
Depoimentos trouxeram informações erradas sobre a localização, movimentação e destino dos itens desviados do acervo público
12/07/2024 às 18:26
STF realiza audiência de custódia de presos no caso Abin
Segundo a PF, agência foi usada para favorecer filhos de Bolsonaro
12/07/2024 às 15:22
George Soares toma posse como Conselheiro do TCE na próxima quarta-feira
Vaga pertence ao quadro de indicados pela Assembleia Legislativa e estava aberta desde a aposentadoria do Conselheiro Tarcísio Costa
12/07/2024 às 15:13
Salatiel de Souza e Homero Grec oficializam pré-candidaturas em Parnamirim
Evento da pré-chapa ocorrerá no Boungaville Recepções nesta segunda-feira 12
12/07/2024 às 11:55
Paulinho Freire tem condição de vitória e fará grande governo, afirma ACM Neto
Vice-presidente do União Brasil visitou RN ontem para lançamento de guia para ajudar na elaboração de planos de governo
12/07/2024 às 07:59
Câmara aprova PEC da Anistia, que reduz cota para negros nas eleições
Projeto tramitou por mais de um ano com pouquíssimo debate público e só teve oposição do PSOL e do Novo; texto segue agora para o Senado
11/07/2024 às 21:59
‘Intenção de rompimento democrático’, diz Randolfe sobre monitoramento ilegal da Abin
O líder do governo no Congresso Nacional, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), consta na lista de autoridades que foram monitoradas ilegalmente pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin)
11/07/2024 às 20:02
Câmara aprova destinação de 5% de emendas parlamentares a catástrofes
Nos dois turnos, proposta teve votos de apoiadores do governo e da oposição, além de encaminhamento favorável de todas as bancadas partidárias
11/07/2024 às 15:19
“Não vi como bronca”, diz Márcio Macêdo sobre cobrança de Lula
Presidente pediu ao ministro mais participação em reuniões
11/07/2024 às 11:51