BUSCAR
BUSCAR
Oaxaca
Terremoto no México deixa ao menos 1 morto; alerta de tsunami é emitido
Serviço Sismológico Nacional (SMN) do México disse que o terremoto teve magnitude 7,5
Estadão Conteúdo
23/06/2020 | 16:35

Um terremoto de 7,5 graus na escala Richter registrado no centro e o sul do México nesta terça-feira (23), causou pelo menos uma morte no município de Crucecita, localizado no Estado de Oaxaca e epicentro do tremor. Autoridades dos Estados Unidos emitiram um alerta de tsunami para as costas do sul do México, Guatemala, El Salvador e Honduras após o registro do forte tremor.

O Serviço Sismológico Nacional (SMN) do México disse que o terremoto teve magnitude 7,5, e foi localizado a 12 quilômetros a sudeste de Crucecita, enquanto o Serviço Geológico Nacional dos EUA calculou uma magnitude 7,4.

O governador de Oaxaca, Alejandro Murat, informou que uma pessoa morreu e outra ficou ferida no desmoronamento de um edifício no Estado. Um hospital da região dedicado ao atendimento de pacientes com covid-19, doença causada pelo coronavírus, sofreu danos estruturais devido ao terremoto e precisou ser esvaziado

O alerta emitido pelo Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico abrange um raio de mil quilômetros ao redor do epicentro do terremoto.

O centro informou que “ondas perigosas” de até três metros podem atingir qualquer lugar a menos de 1.000 quilômetros nas próximas horas. Lembrou ainda que ondas mais altas que o normal são esperadas ao longo da costa sul do México.

Ondas acima do normal também são esperadas no Equador, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá e Peru, segundo o instituto.

O centro advertiu que os tsunamis incluem várias ondas que podem chegar em intervalos de até uma hora. “A onda inicial pode não ser a maior. “O perigo pode persistir por muitas horas ou mais após a onda inicial”, apontou.

A Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês) também emitiu nesta terça-feira um alerta de ameaça de tsunami no Pacífico.

A agência, que faz parte do governo dos EUA, recomendou que as autoridades locais dos países afetados atuassem para informar “as populações costeiras em risco de acordo com suas próprias avaliações, procedimentos e nível de ameaça”.

Os tremores também foram sentidos a 400 quilômetros de distância, na Cidade do México. De acordo com a imprensa local, não há relatos de mortos, feridos nem de danos em edifícios na capital.

Em 2017, a metrópole registrou um terremoto que matou mais de 300 pessoas e derrubou construções.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.