BUSCAR
BUSCAR
Descaso
Banheiros da orla de Ponta Negra são utilizados como depósito; VEJA VÍDEO
Para utilizar o banheiro, em meio a cadeiras e mesas, ou o chuveiro é cobrado uma taxa de R$ 2,00
Redação
08/07/2020 | 14:46

O Agora RN recebeu uma denúncia anônima de que pelo menos dois banheiros públicos instalados na orla da Praia de Ponta Negra, na zona Sul de Natal, estão interditados para uso, pois o responsável pelo local utiliza o espaço como depósito para guardar materiais pessoais e de colegas, como guarda-sol, lonas, cadeiras e mesas.

O denunciante revela, ainda, que para utilizar o banheiro é necessário pagar R$ 2,00. A cobrança também é aplicada ao chuveiro, que em algum pontos da orla são bem comum. Ou seja: pode ser utilizado por todos sem cobranças.

A denúncia reforça que a maioria dos turistas que visitam a praia mais famosa do Rio Grande do Norte reclamam da taxa de uso, bem como das condições do local. O banheiro não é higienizado com frequência e costuma ter ausência de sabonete líquido e papel higiênico.

Tal comportamento é um agravante para saúde pública, visto que lavar as mãos e utilizar itens individuais são algumas das medidas de prevenção ao novo coronavírus, causador da maior pandemia do século 21.

À noite, o banheiro é utilizado para consumo de drogas. No vídeo acima é possível identificar uma faca e um isqueiro sobre a pia de mármore.

A cobrança é empregada antes mesmo da pandemia. Segundo o denunciante, que optou não se identificar por trabalhar no local, a Praia de Ponta Negra está com um movimento alto no final de semana.

O responsável por zelar pelo banheiro é, supostamente, contratado pela Prefeitura de Natal.

O Agora RN não conseguiu contato com a Prefeitura até o fechamento desta matéria.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.