BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Confira a coluna de Daniela Freire desta sexta-feira, 9
Sandro Pimentel criticou a ausência de Álvaro Dias nos debates
Daniela Freire
09/10/2020 | 05:35

POSTURA

Em mais um dia de discussões na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira 8 o assunto “decreto eleitoral” da Prefeitura do Natal voltou à pauta. Dessa vez, o deputado Sandro Pimentel (PSOL) criticou a ausência de Álvaro Dias nos debates e considerou que o Executivo Municipal adotou postura incoerente ao liberar o funcionamento do comércio no início da pandemia e restringir a movimentação política.

MORDAÇA

“A beleza da democracia é exatamente essa, o livre debate. Mas decretar ‘lockdown’ político é colocar uma mordaça nos outros candidatos”, disse Sandro. Que completou: “A pandemia não acabou, mas em relação a outros estados estamos mais favoráveis. Temos que continuar nos cuidando. Então, por que restringir (campanha de rua)?”.

DE OLHO

O deputado aproveitou para avisar que o Ministério Público está atento e recebendo denúncias de quem usa espaços públicos, caso de escolas, para fazer reuniões com candidatos.

LONGE DISSO

Chefe da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado, a jornalista Guia Dantas repudiou a informação veiculada em um blog de que foi escalada para “manipular” a cobertura das eleições por emissoras de TV. “Nunca abordei este assunto com interlocutores da emissora. Nunca me envolvi nisso”, garantiu.

AUXÍLIO EM TEMPO DE AUXÍLIO

Prefeito recebendo notificação da Caixa Econômica Federal em tempos bicudos como os de hoje é sempre motivo de preocupação. E com o prefeito de Goianinha, Berg Lisboa, não foi diferente quando ele recebeu um envelope do banco nesta semana.

SUCESSO

Só que, em vez de cobrança, o ofício era de elogios e agradecimento pela iniciativa pioneira de montar, no Ginásio de Esportes da cidade, uma grande central de acolhimento para centenas de pessoas que buscavam seu auxílio emergencial, que virou notícia nacional.

CAMINHO CERTO

O afago veio seguido de um pedido de renovação da parceria, referendada pelo Ministério Público Federal, que foi prontamente atendido.

NOVIDADE

Adepto às novas tecnologias, Coronel Hélio Oliveira, candidato a prefeito de Natal pelo PRTB, resolveu disponibilizar o seu plano de governo à população, desenvolvido juntamente com o Instituto Brasileiro Conservador (IBCON), por meio de um aplicativo.

PARA DOAÇÃO

A ferramenta, além de apresentar o plano de governo na íntegra, contendo todas as propostas do candidato, também possui uma aba para doação de recursos para a campanha, já que Coronel Hélio decidiu não utilizar o fundo eleitoral.

POSIÇÃO

Em sua última sessão no STF antes de se aposentar, o decano Celso de Mello votou pela rejeição do recurso da AGU para que o presidente Jair Bolsonaro possa prestar depoimento por escrito no inquérito em que é investigado pela suposta tentativa de interferir indevidamente na Polícia Federal.

NÃO PODE

Para o decano, que é o relator do inquérito no STF, o depoimento por escrito seria um “privilégio” que não é garantido por lei ao presidente da República quando ele figurar como investigado no caso.

JAPONÊS DE EXCELÊNCIA

Franquia de sushi que atua exclusivamente com delivery e presente em quase metade do País, a Home Sushi Home chega ao mercado potiguar a partir deste fim de semana com expectativa de sucesso. Tendo uma recorrência superior a 76% (clientes que pedem pela primeira vez e voltam a pedir), chega apostando na culinária japonesa de excelência.

CRESCENDO

O Pittsburg, point querido dos potiguares há 35 anos, expandiu a sua área de atuação. Agora, os moradores da Zona Norte também podem se deliciar com o cardápio recheado da rede. Além de Natal, a rede atua também em Mossoró.

Rápidas

Dono da Crefisa doa R$ 200 mil à campanha pela reeleição de Bruno Covas em SP. José Roberto Lamacchia é conselheiro do Palmeiras e sua mulher, Leila Pereira, pretende ser presidente do clube.

Antibiótico que também é prescrito para Covid tem riscos de sequelas pouco difundidos. Fluoroquinolonas podem causar danos potencialmente permanentes. A Anvisa emitiu alerta, mas ainda há excesso de prescrição. Informação da Folha de S.Paulo.

Quem diria, Lava Jato e Bolsonaro se bicando. Membros da operação reagiram ao presidente afirmando que ao dizer que a Lava Jato acabou porque não há corrupção em seu governo “reforça a percepção sobre a ausência de comprometimento com o fortalecimento do combate à corrupção”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.