BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Confira a coluna de Alex Viana desta sexta, 30
Gleisi Hoffmann afirmou que a reaproximação com o ex-governador Ciro Gomes passa por um pedido de desculpas ao partido e ao ex-presidente Lula
Alex Viana
30/10/2020 | 05:38

DESCULPAS I

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou nesta quinta-feira que a reaproximação com o ex-governador Ciro Gomes passa por um pedido de desculpas ao partido e ao ex-presidente Lula. A imprensa nacional mostrou que os dois selaram a paz em um encontro no início de setembro.

DESCULPAS II

“Lula é um homem generoso, de coração grande. Mas eu, particularmente, penso que qualquer aproximação com Ciro Gomes passa por um pedido público de desculpas dele ao Lula e ao PT, pelo que ele disse, principalmente ao Lula”, afirmou Gleisi.

RESPOSTA A GUEDES I

Os elogios do presidente Jair Bolsonaro ao ministro do Desenvolvimento Regional, o potiguar Rogério Marinho, foram uma resposta, um gesto solidário, segundo definiu um integrante do governo ao jornal O Globo, ao ataque velado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

RESPOSTA A GUEDES II

Ontem, antes do elogio do presidente a Marinho, durante audiência pública no Congresso, Guedes, sem citar o nome do colega, voltou a provocar Rogério Marinho, usando o termos ministros gastador e fura teto.

FLORIPA I

Uma acusação de estupro contra Gean Loureiro (DEM), prefeito de Florianópolis e candidato à reeleição, virou o principal assunto da campanha eleitoral na cidade nesta semana. O caso ocorreu em 2019, mas foi tornado público na quarta-feira por uma ex-funcionária da prefeitura.

FLORIPA II

Rosana Ferrari, que concorre a uma vaga de vereadora pelo DEM, partido de Loureiro, registrou um boletim de ocorrência em outubro do ano passado, no qual acusa o prefeito de ter praticado sexo com ela em duas ocasiões, enquanto ela trabalhava na Secretaria Municipal de Turismo, entre 2017 e 2019.

QUEBRA DE DECORO

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) vai acionar a Procuradoria-Geral da República para pedir o afastamento do ministro Ricardo Salles por quebra de decoro. O titular da pasta do Meio Ambiente chamou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de Nhonho nas redes sociais nesta quinta-feira 29.

CENSURA

O jornalista americano Glenn Greenwald anunciou que pediu demissão do Intercept, site de notícias que ajudou a fundar em 2013. Em um longo texto publicado na internet ontem, Glenn afirmou que o motivo de sua saída é a censura imposta pelos editores do portal a um texto com críticas ao candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden.

MARANHÃO I

O governador do Maranhão, Flávio Dino, disse que o diretório estadual de seu partido vai processar o presidente Jair Bolsonaro por fazer propaganda política contra candidatos da sigla durante viagem ao estado.

MARANHÃO II

Bolsonaro esteve no Maranhão para inaugurar obras em Imperatriz e, em seu discurso, disse que vai “mandar embora o comunismo do Brasil” e relacionou o comunismo a regimes ditatoriais.

MARANHÃO III

Para o governador, Bolsonaro usou dinheiro público em uma campanha política contra candidatos do PCdoB em plena eleição. Por isso, incorreu em crime de improbidade administrativa. “Ele fez o que se chama de propaganda eleitoral negativa, em evento oficial com dinheiro público”, afirmou Dino.

DÉFICIT

O governo federal já acumula um rombo de R$ 677,4 bilhões neste ano, entre janeiro e setembro.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.