BUSCAR
BUSCAR
Investigação
“Uma dupla execução premeditada, planejada e aplaudida”, diz vereador primo de irmãos mortos em ato político no RN
Um policial militar da Paraíba está sendo apontado como suspeito do duplo homicídio
Redação
06/10/2020 | 14:49

Um policial militar da Paraíba que está hospitalizado, ferido a golpe de faca ao se envolver em uma confusão durante um ato político na cidade potiguar de Pedro Velho, está sendo apontado como suspeito de um duplo homicídio ocorrido nesta segunda-feira 5 na zona rural do município. Ele seria o autor de disparos de arma de fogo que mataram dois irmãos durante a briga. Baleados, os irmãos chegaram a ser socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

“Uma dupla execução premeditada, planejada e aplaudida”, escreveu em sua rede social o vereador Marcos Teixeira (PROS), que é primo dos irmãos mortos.

Delegado responsável pelas investigações, Everaldo Fonseca disse ao Agora RN que prefere se manifestar somente ao final do inquérito. A Polícia Civil confirma que o suspeito é policial militar lotado na Paraíba.

Os irmãos baleados e mortos foram identificados como Gilson Marques Teixeira, de 43 anos, e Adailson da Silva Teixeira, de 51. Eles são apontados por testemunhas como responsáveis pela confusão, pois teriam atentado contra a vida do candidato a prefeito Júnior Balada (DEM), que fazia uma visita a residências na comunidade rural de Cuité das Bocas.

Em meio ao atentado, o policial militar, que estaria trabalhando como segurança do candidato, acabou esfaqueado. Foi quando ele teria sacado a arma e atirado. Os disparos atingiram Gilson e Adailson. Os irmãos e o PM foram socorridos. Os irmãos não resistiram, e o policial segue internado em um hospital de Natal. O PM ainda será ouvido pelo delegado.

O assassinato mexeu com o clima eleitoral na cidade. A prefeita Dejerlane Macedo (PSDB), também é candidata, lamentou o fato e decretou luto de três dias no município e suspendeu toda a programação de campanha.

Vereador da cidade, primo de irmãos mortos cobra justiça

Primo dos irmãos mortos, o vereador Marcos Teixeira (PROS) se manifestou logo após o ocorrido. Ele pede justiça. Em sua página no Facebook, o vereador escreveu:

Uma dupla execução premeditada, planejada e aplaudida!

Assim podemos classificar o lamentável episódio ocorrido ontem em nossa comunidade. Há várias versões, mas até aqui, todas as que vi e ouvi têm cunho politiqueiro. Observem vidas humanas, pais de família, jovens trabalhadores que mesmo que um deles tenha promovido algum bate-boca, tem por trás uma família inteira. De uma avó com 96 anos a uma mãe com 78 anos até uma filha recém-nascida… Irmãos, primos, tios, amigos, enfim… Pessoas da comunidade, pessoas da própria família, ficarem tentando justificar o injustificável, por paixão partidária é um ato tão covarde como o ato que cometeram os executores. Nada, nada, nada justifica a ceifa de vidas humanas. Ir para a internet, para a TV, para o rádio tentar se vitimizar e tirar proveito político do funeral de dois pais de família é no mínimo leviano.

Atrelar meu nome a covardia de marginais embevecidos pela animosidade de uma campanha política suja, feito por um sem número de patifes que acostumados ao crime minimizam o valor do maior bem a que temos direito: a vida humana, é tão sujo quanto a ficha desses miseráveis.

O crime foi premeditado. Foi execução pelas costas, sem direito de defesa, se perfilaram e aguardaram o momento para a desgraça.

Despreparados se feriram entre si… na saga de ceifar a vida de inocentes se atingiram mutuamente, pois isso já está provado.

Covardes, canalhas, bandidos. Vocês estão tratando nosso povo com objeto. Como peças de um tabuleiro descartável que apenas deve servir aos vossos desígnios…

A verdade prevalecerá. E antes que eu esqueça, reitero: eu não temo a vocês!!!

Nosso sangue inocente clamará por justiça dentro da legalidade, por que não temos e nunca tivemos e nunca teremos vocação para o crime!!!

Vereador sargento Marcos Teixeira

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.