BUSCAR
BUSCAR
Saudade
Suposto viúvo de Gugu, Thiago Salvático chora ao visitar túmulo do apresentador; VEJA VÍDEO
Emocionado, ele publicou um vídeo em homenagem ao um ano da morte de seu ex-companheiro, a quem se refere como o seu “eterno amor”
TV História
23/11/2020 | 16:17

O chef de cozinha Thiago Salvático, viúvo de Gugu Liberato (1959-2019), chorou ao visitar o túmulo do apresentador. Emocionado, ele publicou um vídeo em homenagem ao um ano da morte de seu ex-companheiro, a quem se refere como o seu “eterno amor”.

“Tudo vai ficar na minha memória para sempre. E hoje eu tenho que ir num lugar que eu não gostaria e também nunca imaginei que iria visitá-lo. Dei muitas flores para ele em vida e falei para ele o quanto o amava”, afirmou o apresentador, contando sobre a sua visita ao cemitério em que Gugu foi enterrado, em São Paulo.

“Hoje irei levar flores a um lugar que, com certeza, irei me emocionar muito. Ele era uma pessoa muito discreta. Nosso relacionamento teve a duração de oito anos, e veio a acabar pelo falecimento dele”, detalhou Salvático.

“É muito difícil chegar aqui [no Brasil] e saber que não irei vê-lo, nem ir à casa dele, passar nossos momentos juntos. Fazendo coisas simples. Ou mesmo fazendo as coxinhas, que ele tanto gostava de fazer para mim. Ou, às vezes, simplesmente ficar horas e horas no sofá, conversando ou vendo um filme. Passeando no jardim da casa dele, brincando com os cachorros”, concluiu.

Thiago Salvático chegou a entrar com um processo exigindo o reconhecimento de sua união estável com Gugu Liberato, mas desistiu da ação após receber críticas das redes sociais. Desde então, ele optou por retomar sua vida na Alemanha.

Assista ao vídeo em que o chef de cozinha homenageia Gugu:

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.