BUSCAR
BUSCAR
Silêncio
PT silencia diante de denúncia de acordo para encerrar CPI da Arena
Membros do partido não comentar am fala de Kelps, que acusa Fátima de conluio com Rosalba por apoio eleitoral
Adenilson Costa
18/03/2022 | 09:47

Diante das acusações feitas pelo deputado estadual Kelps Lima (SD), de que teria ocorrido um acordo entre a governadora Fátima Bezerra (PT) e a ex-gestora Rosalba Ciarlini (PP) para engavetamento da CPI da Arena das Dunas, o PT potiguar preferiu o silêncio. Um dos petistas procurados pela reportagem do AGORA RN foi o secretário de Gestão de Projetos e Articulação Institucional do Estado, Fernando Mineiro, que desconversou.

“A deputada Isolda Dantas já respondeu a ele. É um assunto da Assembleia Legislativa”, limitou-se a comentar, apesar da fala de Kelps atingir diretamente a governadora, a quem o secretário representa. O deputado Francisco do PT também foi procurado, mas avisou que estava em uma reunião interna e, por esse motivo, não teria como responder a tempo do fechamento da edição.

Já Isolda Dantas, ex-relatora da CPI da Arena, afirmou que o encerramento da comissão, sem a leitura do relatório, foi uma manobra articulada pela oposição. “A farsa do prazo da CPI foi motivada por interesses políticos e econômicos. O deputado, além de mentiroso, é advogado. Deveria saber que relator não perde prazo de CPI porque quem determina prazo é o presidente”, disse.

E afirmou que pediu a convocação dos delatores, mas a maioria da comissão não permitiu. “A oposição nunca quis a CPI da Arena. O deputado Eliabe, do partido de Kelps, votou contra a convocação dos possíveis delatores. São covardes! Mas essa fake não vai colar. O RN sabe que lutei até o fim para que o relatório sério que fizemos fosse apresentado e votado”, ressaltou.

A CPI da Arena das Dunas foi encerrada no dia 24 de fevereiro, quando, por maioria, os membros decidiram acatar parecer da Procuradoria-Geral da Assembleia, que entendeu que já havia expirado o limite de tempo para finalização dos trabalhos. A relatora da CPI disse que encaminhou o material coletado aos órgãos de controle.

Kelps: Fátima “passa pano” para Rosalba por apoio eleitoral

O deputado Kelps Lima reafirmou ter certeza que a governadora Fátima Bezerra fez um acordo com a ex-governadora Rosalba CIarlini, para engavetar os trabalhos da CPI em troca de apoio político em Mossoró. O objetivo, segundo ele, é atingir a gestão do prefeito Allyson Bezerra (SD). Para ele, Fátima deseja montar um palanque contra Alysson e, para isso, busca o apoio de Rosalba.

“Os petistas torcem pelo insucesso de Allyson em Mossoró. Eles têm mágoas após a CPI da Covid-19 no RN ter sugerido o indiciamento de parte da cúpula do PT no Nordeste. A proposta do relatório final da CPI não propõe o indiciamento de Rosalba e não pediu o depoimento dela. Só inocente não vê que teve acordo”, ressaltou.

Perguntado sobre como chegou à conclusão de um suposto acordo entre Fátima e Rosalba e se teria provas, Kelps disse: “Leia a proposta de relatório de Isolda e procure o nome de Rosalba. Isolda não indiciou Rosalba”. O parlamentar disse ainda que a governadora “passa pano” para Rosalba e que a considera contraditória.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.