BUSCAR
BUSCAR
Decisão
Plano Diretor é aprovado e libera construção de prédios de até 46 andares em Natal
Dos 29 vereadores, 25 votaram a favor do projeto. Quatro vereadores de oposição conseguiram aprovar algumas emendas e votaram contra o projeto
Redação
23/12/2021 | 12:35

Depois de três dias de debates intensos, o projeto de revisão do Plano Diretor de Natal é aprovado. O documento recebeu quase 500 emendas encartadas ao documento original. Foram apresentadas 488 emendas, sendo 280 consensuais e 168 não consensuais. Deste total, 263 foram aprovadas, 84 rejeitadas, 51 prejudicadas, e 90 retiradas de pauta. O projeto segue para sanção ou veto do prefeito Álvaro Dias.

Durante os três dias de votação, representantes de movimentos sociais estiveram presentes na Câmara para protestar contra algum pontos do projeto. A verticalização foi um dos pontos mais polêmicos e debatidos, porém foi aprovada a construção de prédios de até 140 metros, ou seja 46 andares, dependendo da localização e tamanho do terreno.

O vereador Raniere Barbosa falou sobre esse ponto específico. “É um projeto que vai desenvolver a cidade. Aprovamos um projeto que foi amplamente discutido. Serão preservados todos os limites estabelecidos, assim cinco as áreas proteção ambiental. Serão respeitados todos limites para as novas contratações”, comentou.

O vereador Paulinho Freire (PDT), presidente da Câmara, ressaltou o desempenho do plenário na abordagem dos temas. “Certamente, o Legislativo natalense melhorou muito a minuta que aqui chegou com a aprovação de emendas encaminhadas por todas as bancadas. Agora, a nossa expectativa é que, com a conclusão da votação, o Plano Diretor seja aprovado pelo Executivo na íntegra sem vetos”, concluiu o presidente.

A vereadora Divaneide Basílio (PT) se pronunciou sobre seu voto contrário ao projeto. “Eu não me rendo a um tempo de desenvolvimento que favoreça a especulação imobiliária. A estrutura precisa ser pensada pra todas as pessoas e não para uma pequena parte da sociedade”, disparou.

O vereador Klaus Araujo, vice-presidente da Câmara, falou sobre a votação. “Trata-se de uma proposição com grandes contribuições para o desenvolvimento econômico e social da região. Hoje, a Praia do Meio carece de infraestrutura em todas as áreas. A partir de agora, o município terá condições de investir na orla e transformar a realidade de toda comunidade”, justificou o parlamentar.

Dos 29 vereadores, 25 votaram a favor do projeto. Quatro vereadores de oposição conseguiram aprovar algumas emendas e votaram contra o projeto. A vereadora Ana Paula, que é de oposição, votou a favor da matéria.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.