BUSCAR
BUSCAR
Previsão

Governo Fátima vai apresentar novo calendário para pagamento de emendas

Cronograma proposto pelo próprio governo em maio não foi cumprido; nova reunião será na próxima semana
Redação
01/09/2023 | 08:15

Em meio a uma cobrança intensa de deputados estaduais da oposição, a gestão da governadora Fátima Bezerra (PT) vai apresentar na próxima semana um novo calendário para pagamento das emendas parlamentares. Uma reunião entre articuladores do governo e deputados está acertada para a próxima semana.

No encontro, a gestão petista vai detalhar como as emendas serão pagas. Deverá ser a primeira reunião com a participação de Adriano Gadelha, secretário de Gestão e Projetos Especiais e novo articulador do governo. Os secretários Raimundo Alves Júnior (Gabinete Civil) e Carlos Eduardo Xavier (Fazenda) também são esperados.

Governadora Fátima Bezerra (PT) e presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB). Foto: João Gilberto/ALRN
Governadora Fátima Bezerra (PT) e presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB). Foto: João Gilberto/ALRN

A reunião para acertar o calendário das emendas deveria ter acontecido na última quarta-feira 30, mas foi adiada para a próxima semana porque o líder do governo na Assembleia Legislativa, Francisco do PT, e o deputado de oposição Tomba Farias (PSDB) viajaram.

Cada um dos 24 deputados estaduais tem direito a R$ 3,5 milhões em emendas por ano, das quais R$ 300 mil precisam ser para a saúde. Em maio, o governo propôs pagar R$ 500 mil até o dia 30 de junho e mais R$ 700 mil entre 1º de julho e 30 de agosto, totalizando R$ 1,2 milhão. Nesta data, pela proposta, seria apresentado um cronograma para o pagamento dos R$ 2,3 milhões restantes.

No entanto, segundo apurou a reportagem, menos de R$ 500 mil foram pagos para cada parlamentar até agora – cerca de 14% do total.

Nesta semana, Tomba Farias subiu à tribuna da Assembleia para cobrar o pagamento das emendas. “As pessoas precisam entender que as emendas são dos municípios, é do interior, das pessoas que estão na ponta, esperando pela saúde, são 27 mil pessoas na fila das cirurgias”, disse o deputado porta-voz da oposição.

Coronel Azevedo (PL) também subiu o tom das críticas. “O governo não tem palavra, o compromisso do governo do PT é um calendário de folhas soltas”, enfatizou. “O que estamos assistindo é um absurdo e essa Casa tem de tomar providências, no sentido de ter o respeito por parte do Executivo, não podemos ficar inertes como fica o governo há três anos”, acrescentou Gustavo Carvalho (PSDB).

Investigados mentiram para proteger Bolsonaro em caso das joias, diz PF
Depoimentos trouxeram informações erradas sobre a localização, movimentação e destino dos itens desviados do acervo público
12/07/2024 às 18:26
STF realiza audiência de custódia de presos no caso Abin
Segundo a PF, agência foi usada para favorecer filhos de Bolsonaro
12/07/2024 às 15:22
George Soares toma posse como Conselheiro do TCE na próxima quarta-feira
Vaga pertence ao quadro de indicados pela Assembleia Legislativa e estava aberta desde a aposentadoria do Conselheiro Tarcísio Costa
12/07/2024 às 15:13
Salatiel de Souza e Homero Grec oficializam pré-candidaturas em Parnamirim
Evento da pré-chapa ocorrerá no Boungaville Recepções nesta segunda-feira 12
12/07/2024 às 11:55
Paulinho Freire tem condição de vitória e fará grande governo, afirma ACM Neto
Vice-presidente do União Brasil visitou RN ontem para lançamento de guia para ajudar na elaboração de planos de governo
12/07/2024 às 07:59
Câmara aprova PEC da Anistia, que reduz cota para negros nas eleições
Projeto tramitou por mais de um ano com pouquíssimo debate público e só teve oposição do PSOL e do Novo; texto segue agora para o Senado
11/07/2024 às 21:59
‘Intenção de rompimento democrático’, diz Randolfe sobre monitoramento ilegal da Abin
O líder do governo no Congresso Nacional, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), consta na lista de autoridades que foram monitoradas ilegalmente pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin)
11/07/2024 às 20:02
Câmara aprova destinação de 5% de emendas parlamentares a catástrofes
Nos dois turnos, proposta teve votos de apoiadores do governo e da oposição, além de encaminhamento favorável de todas as bancadas partidárias
11/07/2024 às 15:19
“Não vi como bronca”, diz Márcio Macêdo sobre cobrança de Lula
Presidente pediu ao ministro mais participação em reuniões
11/07/2024 às 11:51
Aprovação de Lula sobe quatro pontos e vai a 54%, no maior nível do ano, diz pesquisa
Em maio, no último levantamento, o índice de aprovação era 50%
11/07/2024 às 08:20