BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Desmilitarização da PM é crime e Fátima teve apoio de facções no RN, diz deputado
Coronel Azevedo classificou a proposta como “cúmulo da maldade” e uma “atitude criminosa de viés ideológico” que visa transforar a PM em uma “força partidária”.
Redação
22/09/2020 | 14:58

O Deputado estadual Coronel Azevedo teceu duras críticas à governadora do RN, Fátima Bezerra (PT), pela proposta de desmilitarização da Polícia Militar aprovada na II Conferência Estadual de Segurança Pública e de Defesa Social do RN, evento ocorrido entre os dias 16 e 18 desse mês. Ele relacionou a proposta ao apoio dado por facções criminosas ao PT durante o pleito que elegeu a governadora Fátima em 2018.

“A governadora traz a opção pelo direito daqueles que infringem a lei, tornando inevitável uma lembrança: o voto declarado ao PT por facções criminosas na eleição de 2018 revelado por pesquisas e publicado em todo o Brasil”, declarou o deputado durante a sessão ordinária desta terça-feira 22.

O parlamentar também classificou a proposta como “cúmulo da maldade” e uma “atitude criminosa de viés ideológico” que visa transforar a PM em uma “força partidária”.

“A sociedade repudia mais esse ato da pior governadora do Brasil. Só falta agora Fátima mandar prender a polícia e soltar os bandidos. Não, não vamos aceitar”, acrescenta.

Ainda em seu discurso, Azevedo questionou os gestores da segurança pública do RN em relação à proposta. “Qual a posição dos gestores do sistema de segurança pública? Quem cala consente. Eu não vou me calar”, conclui.

Desmilitarização

A desmilitarização da PM foi uma das propostas aprovadas para a melhoria da segurança dos potiguares na II Conferência Estadual de Segurança Pública e de Defesa Social do RN. O assunto foi trazido à tona pelo Agora RN, em reportagem publicada nesta terça 22.

A proposta de desmilitarização visa a adoção de uma perspectiva de polícia comunitária no Estado.

A conferência, realizada em formato virtual, teve como tema “Cidadania e Participação Popular”. O evento contou com uma palestra do ex-Secretário Nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri.

O objetivo do encontro foi ampliar a consulta pública para elaboração da Política e do Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (PESP), sendo assim um dispositivo utilizado pelo Governo do RN como instrumento de democratização para garantir a participação da sociedade na gestão.

Foram discutidos temas como políticas sobre drogas, racismo institucional, violência contra as mulheres e LGBTs, repressão qualificada e controle social, sistema penitenciário e integração entre órgãos de segurança.

*Com informações do Trampolim da Notícia

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.