BUSCAR
BUSCAR
Cultura
Conheça a história da ‘Igreja de Pedra’ na Redinha, em Natal, construída no século passado
Templo é dedicado à Nossa Senhora dos Navegantes e é um dos marcos da Zona Norte da capital
Redação
07/01/2022 | 12:14

Existem duas igrejas na Redinha dedicadas a Nossa Senhora dos Navegantes, que é a padroeira do bairro, localizado na Zona Norte de Natal. A primeira foi erguida pelos pescadores por volta de 1922, bem pequena e branca, porém erguida de frente para o mar.

Em 1954, os veranistas construíram outra igreja na praia, a única do Brasil construída a partir de pedras retiradas do mar. Esta, por ter sido erguida com a frente para o continente, de costas para o mar, gerou indignação por parte dos pescadores, que por tradição continuam frequentando a igreja mais antiga.

Na Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, realizada há mais de 100 anos há duas procissões, com duas imagens: a da capelinha antiga é a imagem da Procissão Marítima, pelas águas do rio Potengi, entre a Boca da Barra e os confins da Base Naval; e a imagem da igreja preta que vai por terra, levada pelos veranistas ao longo das ruas e becos da vila.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.