BUSCAR
BUSCAR
Polêmica
Após perder irmãos para Covid, esposa de prefeito participa sem máscara de “arraiá” em município do RN com “lockdown” em vigor; VÍDEO
Imagens da quadrilha improvisada circulam nas redes sociais e causaram polêmica entre os moradores do município potiguar. Vídeo mostra várias pessoas dançando ao som de forró e algumas não usavam máscaras
Redação
23/06/2021 | 13:06

A esposa do prefeito de Cerro Corá, Raimundo Marcelino Borges – conhecido como Novinho – decidiu não obedecer ao decreto publicado pela própria gestão municipal, que estabeleceu um isolamento social mais rígido até o próximo dia 30 para conter a pandemia da Covid-19. A primeira-dama Ivonete Maria da Silva participou de um “arraiá” com aglomeração e pessoas sem máscara.

As imagens da quadrilha improvisada circulam nas redes sociais e causaram polêmica entre os moradores do município potiguar. O vídeo mostra várias pessoas dançando ao som de forró e algumas não usavam máscaras – inclusive Ivonete.

Há ainda um agravante para a situação: Ivonete perdeu dois irmãos para a Covid-19 no início de junho. Os comerciantes Ivones Silva, de 46 anos, e Manoel Neto da Silva, de 50 anos, morreram com diferença de menos de duas horas no dia 1º. Na época, Novinho afirmou que, desde o início da pandemia, a cidade tinha uma situação relativamente tranquila, mas que piorou com a flexibilização das medidas restritivas. Por isso, a prefeitura decretou um “lockdown” para tentar conter o avanço da doença.

Ao Agora RN, Novinho explicou que o “arraiá” foi um café organizado por funcionários do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) local. “O que foi feito foi uma café. Os funcionários do CRAS organizaram esse café e convidaram a primeira-dama para participar porque ela é a secretária de Assistência Social. Participei e depois fui para a prefeitura. Infelizmente, nesse café, os funcionários fizeram uma quadrilha improvisada, que durou 5 minutos no máximo. E a oposição pegou esse vídeo e começou a circular nas redes sociais, mostrando para a população de uma forma diferente do que aconteceu”, contou.

O prefeito reforçou que a situação será apurada. “Pelo fato de ser minha esposa e de ser secretária, a Vigilância Sanitária vai apurar e fazer cumprir o decreto. Eles já estão autorizados a aplicar multa diante do que aconteceu. A lei é para quem não faz parte da gestão e para quem faz. Não é porque é minha esposa que ela vai deixar de ser punida. Não é justo, mesmo que seja sem intenção, repercutiu mal. Vai prevalecer a lei”, indicou.

Segundo o decreto do município, quem for flagrado sem máscara será notificado e, em caso de reincidência, será multado em R$ 100. Também está suspenso até 30 de junho o funcionamento de casas de jogos, quadra de esportes, campos de futebol, chácaras, casas de aluguel para eventos, eventos públicos e privados de qualquer natureza, mirantes e demais visitações a pontos turísticos. As academias só podem funcionar com, no máximo, três alunos por horário.

O “toque de recolher” em Cerro Corá segue das 22h às 5h até o fim do mês. Confira o decreto:

http://

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.