BUSCAR
BUSCAR
Novidade
Tendência de mercado, cashback chega a Natal para movimentar vendas online
Criado por potiguares, aplicativo Koinz oferece dinheiro de volta em compras nas lojas parceiras
Redação
19/05/2020 | 15:30

Em português, cashback significa “dinheiro de volta” e é uma tendência de mercado que tem incentivado os consumidores a fazer compras em estabelecimentos parceiros. Uma vez que a compra em um parceiro é efetivada, surge uma mensagem informando que ela rendeu parte do dinheiro de volta, mostrando também o percentual e o valor em reais.

A ideia do sistema é fidelizar clientes e aumentar o faturamento com a adesão de novos usuários à plataforma, contribuindo para o crescimento do varejo de modo geral, papel importante para o desenvolvimento econômico brasileiro e regional.

Uma das dúvidas que pairam entre os consumidores é sobre a segurança do sistema, além do medo de burocracias ou de o bônus prometido não ser real. O diretor de marketing do Koinz, plataforma potiguar recém-lançada e que trabalha com esse segmento de mercado, explica que essas ideias precisam ser desmitificadas.

“Não é preciso ter medo, pois o bônus de cada compra em lojas parceiras fica imediatamente disponível. Com o Koinz, é muito simples visualizar os bônus já ganhos, de quais lojas eles são e usá-los nas suas próximas compras”, assegura Giovanni Magnus.

No caso da plataforma local, o dinheiro de volta fica disponível no app imediatamente a cada compra realizada na máquina Koinz e esse não é o único benefício oferecido. No Koinz, ao fazer indicações para amigos, os usuário também ganham.

“Quando um usuário indica alguém e essa pessoa faz o cadastro no app, ele ganha R$ 5 de dinheiro disponível e quando a pessoa indicada recebe cashback, quem indicou também ganha cerca de 14% do valor correspondente, ou seja, é um ecossistema em que todos ganham”, destaca Giovanni Magnus.

Existente nos Estados Unidos desde 1990, no Brasil o cashback é uma prática recente, com cerca de cinco anos, e ganhou visibilidade com o surgimento do e-commerce, com as carteiras virtuais. Essa percepção se consolidou quando, em meio à crise, o vendedor se viu obrigado a procurar outras alternativas para atrair o comprador e, a partir daí, houve uma maior adesão dos varejistas a esse tipo de programa.

Giovanni conta que o uso do aplicativo é simples: ao baixar em seu celular e ativar o cadastro, basta informar o CPF na hora de pagar as compras com cartão, de crédito ou débito e parte do valor gasto é automaticamente recuperado, podendo ser usado novamente no mesmo ou em qualquer outro local parceiro do Koinz. “Com isso, os clientes têm a vantagem de lucrar independentemente do tipo de produto ou empresa parceira”, explica.

Primeiros usuários se mostram satisfeitos

Através das avaliações do Koinz nas lojas de aplicativos, é possível visualizar o feedback de alguns usuários. Até o momento, a empresa acumula ótimas notas.

“Comprei ração para meu cachorro, ganhei um percentual de volta em saldo para o app, onde eu posso usar em qualquer estabelecimento da plataforma”, escreveu um consumidor. “Fui abastecer e ganhei dinheiro de volta”, avaliou outro usuário.

No Koinz, além da porcentagem padrão dos cashbacks, são ofertadas campanhas diárias de porcentagens mais específicas de dinheiro de volta, que chegam a devolver maiores valores ao consumidor através de uma plataforma inteligente de acompanhamento de seus clientes. Com esses atrativos periódicos, os consumidores se tornam fiéis aos estabelecimentos parceiros para novas aquisições.

Para fazer parte da Koinz e ganhar cashbacks, basta fazer o download do aplicativo no Google Play Store, Apple Store ou no site.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.