BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Coordenação municipal
Redação
03/08/2020 | 23:35

As prefeituras das maiores cidades do País lançaram nesta segunda-feira (3) peças publicitárias de uma campanha nacional de utilidade pública contra o coronavírus. É uma ação que ocorre sem participação do Ministério da Saúde e que foi criada diante da constatação de falta de coordenação do órgão para elaborar uma comunicação integrada para prevenir a doença.

A iniciativa é da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que negociou com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorização especial para veicular comunicação sobre a doença em jornais, sites, rádios e na TV durante toda a pandemia. Neste ano, por causa das eleições municipais, as Prefeituras ficam proibidas de fazer propaganda a partir de agosto.

O material publicitário foi elaborado a partir de pesquisas que apontaram quais mensagens obtinham melhor resposta da população e destaca o distanciamento social, o uso de máscaras e a limpeza das mãos. As mensagens ressaltam, ainda, a necessidade de proteção à família dentro de casa. Cada prefeitura vai adaptar o conteúdo já produzido e adicionar o logotipo da cidade, e arcar com os custos de distribuição das mensagens.

Segundo o presidente da FNP, Jonas Donizette (PSB), prefeito de Campinas (SP) – foto, a falta de uma comunicação unificada sobre a prevenção da doença atrapalhou as cidades. “Percebemos que o Brasil teve um problema de comunicação na área da covid. Havia as orientações corretas, mas algumas autoridades destoaram disso. Os prefeitos falavam uma coisa, o governador, e teve esse confronto, especificamente com a figura do presidente (Jair Bolsonaro, sem partido). Isso causou uma desinformação para a população”, afirmou.

Fake news I

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que vai acelerar a votação do projeto que combate as fake news após ataques sofridos pelo influenciador digital Felipe Neto.

Fake news II

Maia convidou Felipe Neto para debater a proposta que tramita na Câmara. Entre outras medidas, o texto restringe o funcionamento de contas geridas por robôs e determina a criação do Conselho de Transparência e Responsabilidade na Internet.

Saneamento I

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux rejeitou uma ação do PDT para suspender o novo marco legal do saneamento. O partido havia entrado com a ação na corte durante o recesso parlamentar, quando decisões podem ser tomadas pela presidência da corte, mas o ministro Dias Toffoli não havia considerado o tema urgente e decidiu deixar a decisão para o relator – no caso, o ministro Fux.

Saneamento II

No despacho desta segunda-feira (3), Fux avalia que as questões levantadas pelo PDT podem ser avaliadas mais a fundo pelo plenário do STF em caráter definitivo, mas não violam a Constituição e, por isso, não justificam a concessão da medida cautelar.

Ministro com Covid

O ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, recebeu nesta segunda-feira (3) a confirmação de que testou positivo para a Covid-19. “O ministro passa bem e está assintomático”, afirma nota divulgada pela assessoria da pasta. Além dele, outros seis ministros e o presidente Jair Bolsonaro já contraíram a doença. “Ele ficará em isolamento até novo teste e avaliação médica. Até lá, continuará cumprindo a sua agenda de forma remota”, diz a nota.

Teto de gastos

Ministros da área de infraestrutura e do Palácio do Planalto articulam com parlamentares uma forma de conseguir driblar o teto de gastos neste ano e liberar verba para obras, como saneamento e habitação, sem a trava fiscal. A manobra, porém, enfrenta resistência no Congresso e a percepção é que não vai avançar, pelo menos integralmente, no Legislativo. A regra do teto de gastos impede o crescimento das despesas públicas acima da inflação. O plano já gerou críticas, especialmente do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), por prever ações que não têm ligação com preservação da saúde pública no ano marcado por perdas com a pandemia.

Setor automobilístico

As vendas de veículos novos apresentaram recuperação pelo terceiro mês seguido, depois da queda recorde registrada em abril. Foram licenciados em junho 174,5 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, 31,4% a mais que no mês anterior, mas 28,4% inferior aos números de igual mês de 2019. No acumulado do ano as vendas somam 983,3 mil unidades, 36,7% inferior ao do mesmo período do ano passado, de acordo com dados preliminares do mercado.

Bloqueio de contas

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), quer ouvir o Congresso Nacional em até cinco dias em uma ação apresentada pelo governo contra a decisão do colega Alexandre de Moraes, que decretou o bloqueio internacional de 12 perfis de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas redes sociais.

Balança

Com queda de 35% nas importações por causa da pandemia do coronavírus, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 8 bilhões em julho. Trata-se do maior saldo mensal já registrado na série histórica do Ministério da Economia, que tem início em 1989.

Dinheiro para vacina

Para viabilizar as 100 milhões de doses da vacina de Oxford contra a Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira que estuda uma medida provisória para liberação de recursos. A proposta prevê um crédito orçamentário extraordinário de R$ 1,9 bilhão. O valor será para pagamentos à AstraZeneca (R$ 1,3 bilhão), previstos no contrato de Encomenda Tecnológica, R$ 522,1 milhões para produzir a vacina na Fiocruz/Bio-Manguinhos e R$ 95,6 milhões para absorção da tecnologia pela Fiocruz.

Rápidas

Hoje, 4 de agosto, é Dia do Padre, Dia do Sacerdote e Dia de São João Maria Vianney.

Nesta data, em 1961 – há 59 anos –, nascia o primeiro e único presidente negro da história do Estados Unidos, Barack Obama.

O Instagram da Secretaria Estadual de Administração (Sead), promove nesta terça, às 10h30, debate com o tema “Investimentos no Mercado Financeiro para Servidores”.

O YouTube do Sebrae RN exibe hoje, às 11h, conversa com Luiza Trajano, dona da Magazine Luiza.

O Departamento de Comunicação (Decom) organiza nesta terça, às 16h, oficina sobre “Quando o roteiro começa a soar?”.

Nesta data, em 1957 – há 63 anos –, morreu o ex-presidente Washington Luís. Ele tinha 87 anos.

O MLB Vídeos transmite hoje, às 19h, no seu YouTube, debate sobre a necessidade de acabar com os despejos durante a pandemia. Terá participação da deputada federal Natália Bonavides (PT-RN).

A Associação de Surdos de Natal realiza nesta terça, às 20h, no seu Instagram, live sobre a experiência de trabalho de pessoas surdas.

Estão abertas as inscrições para o projeto Pics em Casa. As inscrições podem ser feitas até quinta-feira (6), por meio do SIGRH. O evento terá autocuidado, meditação/yoga e dança dos chakras.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.