BUSCAR
BUSCAR
Saúde
Transmissão de vírus raro entre humanos é identificada na Bolívia, dizem cientistas
Até hoje, apenas um surto do vírus havia sido documentado. Foi em 2004, na região de Chapare, a cerca de 600 quilômetros de La Paz
UOL
17/11/2020 | 06:05

Cientistas dos Estados Unidos identificaram na Bolívia evidências da transmissão entre humanos do raro vírus Chapare — responsável por febres hemorrágicas, com sintomas parecidos aos do Ebola e da dengue.

A descoberta foi apresentada hoje durante a reunião anual da Sociedade Americana de Medicina e Higiene Tropical.

Em entrevista ao jornal The Guardian, a epidemiologista Caitlin Cossaboom, do Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos, explica:

“Nossa pesquisa confirmou que um jovem residente médico, um médico da ambulância e um gastroenterologista contraíram o vírus após terem contato com pacientes infectados. Agora, acreditamos que muitos fluidos corporais podem potencialmente carregar o vírus”.

De acordo com os pesquisadores, três pessoas morreram: dois médicos e um dos dois pacientes. Eles apresentaram febre, dor abdominal, vômito, sangramento das gengivas, irritações na pele e dor atrás dos olhos.

Até hoje, apenas um surto do vírus havia sido documentado. Foi em 2004, na região de Chapare, a cerca de 600 quilômetros de La Paz. No entanto, os responsáveis pela pesquisa relatam que é possível que outras pessoas tenham contraído a doença, mas provavelmente receberam o diagnóstico de dengue, já que os sintomas são parecidos.

Acredita-se que o vírus seja transmitido aos humanos através de uma espécie de roedor típica da região.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.