BUSCAR
BUSCAR
Gratuito
Senai-RN e Neoenergia Cosern abrem seleção para 1ª turma de eletricistas mulheres em Natal
O curso será oferecido de forma gratuita, no Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER)

17/05/2022 | 18:03

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Rio Grande do Norte (SENAI-RN) e a Neoenergia Cosern abrem, nesta quarta-feira (18), inscrições para a seleção do primeiro curso de eletricistas em Natal com vagas exclusivamente para mulheres.

O curso será oferecido de forma gratuita, no Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), do SENAI-RN – referência do SENAI no Brasil em educação profissional para o setor de energia, a cadeia produtiva do hidrogênio e as indústrias do gás.

As aulas terão início em agosto deste ano. As inscrições estão abertas no site do SENAI (clique aqui para acessar a página https://bit.ly/3w8rIB2).

Vagas

De acordo com informações divulgadas no edital, serão ofertadas 27 vagas.

O processo seletivo inclui provas de Português, Matemática e Redação, além de etapas com avaliação psicológica e entrevista técnica com as candidatas.

Para participar, é preciso ter no mínimo 18 anos, ensino médio completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias B, C ou D.

Diversidade

O programa de capacitação é uma investida da Escola de Eletricistas, iniciativa da Neoenergia Cosern em parceria com o SENAI.

A expectativa com a ação é formar profissionais aptos/as a atuar como eletricistas no mercado de trabalho de forma geral ou como contratados/as para vagas na Neoenergia.

Atualmente, há predominância de homens nesse tipo de ocupação.

“O objetivo é ampliar a presença feminina na operação e incentivar a igualdade de gênero dentro da empresa, que já conta com 22 mulheres atuando como eletricistas de rede em todo estado”, ressalta Márcio Caires Vasconcelos, diretor presidente da Neoenergia Cosern.

Rodrigo Mello, diretor regional do SENAI-RN, do Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER) e do CTGAS-ER, observa que o programa está alinhado a estratégias do SENAI relacionadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que preveem, por exemplo, educação de qualidade, redução das desigualdades e igualdade de gênero.

“O desenvolvimento de uma sociedade”, frisa o diretor, “passa pela participação de todas as pessoas no processo de desenvolvimento econômico e o setor de energia, no qual a Neoenergia está inserida, tem sido um dos alavancadores do desenvolvimento do estado”.

“A iniciativa da Neoenergia junto com o SENAI, formando uma turma só de mulheres, é coerente com o momento que a gente vive e contribui, certamente, para que o desenvolvimento não passe apenas pela participação de alguns”, frisa.

A parceria entre a Neoenergia Cosern e o SENAI-RN para formação de eletricistas existe há cerca de cinco anos e já qualificou, até o momento, mais de 300 profissionais.

“Já havia a formação de mulheres, mas em turmas mistas – junto com homens”, explica Amora Vieira, assessora de mercado e projetos do SENAI-RN, que, no CTGAS-ER, tem liderado ações para promover a diversidade na instituição e em cursos como os de energia.

“Esse será o primeiro momento com uma turma exclusiva para elas, e isso acontece em meio a um movimento importante na indústria de energia, principalmente, com demanda crescente por profissionais do sexo feminino”, observa a executiva.

O curso de Eletricista de Rede de Distribuição será realizado no Hub de Inovação e Tecnologia do SENAI-RN, em Natal, complexo que sedia o CTGAS-ER.

O programa prevê aulas teóricas, em formato remoto, e atividades práticas presenciais em campos de postes, seguindo os protocolos de saúde e segurança.

No segundo semestre, está prevista a abertura de uma turma mista em Mossoró e, para essa nova turma, serão garantidas pelo menos 35% de vagas para mulheres.

“Esse é um curso com carga horária de 8 horas por dia, que será desenvolvido ao longo de seis meses com carga horária total de 480 horas. O objetivo é trazer a formação profissional de eletricista na perspectiva do que o mercado deseja”, acrescenta Vieira.

“O SENAI”,  segundo ela, “tem comunicado à sociedade que as profissões tecnológicas também podem ser exercidas por mulheres”. “Isso não quer dizer que esse público requer uma ação diferenciada no qualificar, no passar o aprendizado. Mas que há a expectativa de que as mulheres percebam uma oportunidade iminente, que elas podem decidir se querem seguir pela carreira tecnológica e ver o SENAI como uma instituição capaz de formar homens e mulheres para o mercado de trabalho”, acrescenta.

A Neoenergia foi pioneira no setor elétrico ao abrir turmas da Escola de Eletricistas exclusivas para mulheres. A iniciativa começou pelos estados da Bahia e de Pernambuco, e é reconhecida como exemplo global de um dos Princípios de Empoderamento das Mulheres pelo WeEmpower, programa da ONU Mulheres junto à Organização Internacional do Trabalho (OIT) e à União Europeia para estimular boas práticas das empresas. Atualmente, 15 turmas, com 374 alunos e alunas, estão em curso por meio da Escola de Eletricistas. Duas delas estão em andamento no RN, nos municípios de Natal e Mossoró.

 

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.