BUSCAR
BUSCAR
Fiscalização
Scanner de contêineres chega ao Porto de Natal para coibir ação do tráfico de drogas; VEJA VÍDEO
Os procedimentos de instalação foram iniciados, imediatamente, para a operação do equipamento
Redação
08/10/2020 | 08:25

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) informa que o Porto de Natal recebeu, nesta quarta-feira 7, o esperado scanner de contêineres, equipamento que será usado para coibir a ação do tráfico internacional de drogas. Os procedimentos de instalação foram iniciados, imediatamente, para a operação.

Porto de Natal

As conversações e negociações com os agentes públicos (Polícia Federal, Receita Federal, Anvisa e Ministério da Agricultura), armadores (CMA CGM) e operadores portuários (Progeco) que operam no Porto estão em andamento desde 2019 no sentido de aumentar a segurança do Porto de Natal.

“A Codern apresenta o agradecimento ao armador CMA CGM e ao operador portuário, Empresa Progeco, bem como ao conjunto de fruticultores (os principais clientes), que tornaram realidade a implantação e o funcionamento dessa necessária ferramenta de fortalecimento da Segurança. Finalmente, informamos que, a partir da entrada em operação do scanner, a Receita Federal passa a receber diretamente as imagens geradas pelo equipamento. Assim, pode-se comprovar que foi dado mais um passo no sentido de transformar a operação e aumentar a credibilidade do Porto de Natal, qualificando-o como porta de entrada e saída do empresariado da região”, disse a Codern, em nota divulgada nesta quinta 8.

Scanner de contêineres chega ao Porto de Natal para coibir ação do tráfico internacional de drogas
Scanner de contêineres chega ao Porto de Natal para coibir ação do tráfico internacional de drogas – Foto: Codern

Prisões

O Juiz Federal Walter Nunes da Silva Júnior, titular da 2ª Vara Federal, determinou a prisão preventiva de Emerson Rodes Marques, Marcos Cezar Alexandre Pires Júnior, Lucas Farias Alboitt e Roberto Correa Pinheiro, suspeitos de integrarem uma quadrilha de tráfico de drogas a partir do Porto de Natal. No caso de Emerson Rodes, pelo fato de ser ex-policial militar, o magistrado determinou que ele seja mantido na carceragem da Polícia Federal.

O quarteto foi preso no último sábado 3 com 238,9 quilos de cocaína pela Polícia Federal. Segundo a apuração, o grupo tentaria enviar a droga escondida em contêineres para a Europa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.