BUSCAR
BUSCAR
RN
RN assina empréstimo de US$ 180 milhões com Banco Mundial
Para a nova fase do acordo de empréstimo, o RN concentrará os investimentos em estradas, agricultura e turismo
Redação
27/11/2023 | 16:02

Na apresentação da prestação de contas dos investimentos de 360 milhões de dólares (1,8 bilhão de reais), o Banco Mundial confirmou ao Governo do Rio Grande do Norte, nesta segunda-feira (27), a segunda fase do Programa Governo Cidadão, no montante de 180 milhões de dólares (878 milhões de reais pela cotação atual).

A governadora Fátima Bezerra, ao receber a confirmação da segunda fase do empréstimo da gerente de operações do Banco Mundial no Brasil, Sophie Naudeau, afirmou: “O Rio Grande do Norte fez o dever de casa e está pronto para investir mais 180 milhões de dólares na construção de um Estado próspero, digno e justo”.

Para a nova fase do acordo de empréstimo, o RN concentrará os investimentos em estradas, agricultura e turismo. Os projetos, já prontos, começarão a ser executados imediatamente após a liberação dos recursos. Fátima Bezerra ressaltou a importância dessas áreas para o crescimento econômico e social, afirmando que estradas trazem cidadania, dignidade e bem-estar, a agricultura é fundamental para a produção de alimentos, e o turismo impacta em várias outras atividades.

A primeira fase do Governo Cidadão será concluída até o final de dezembro próximo, destacando o esforço para corrigir projetos e destravar processos. Sophie Naudeau avaliou que o Programa Governo Cidadão promove ações para o bem-estar e gera oportunidades econômicas, mencionando realizações em setores como agricultura, estradas, saúde, abastecimento de água, educação, entre outros.

O evento contou com a presença de autoridades estaduais, representantes de instituições e dirigentes do Banco Mundial, e tem o propósito de analisar as realizações, métodos e conquistas da primeira fase do programa.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.