BUSCAR
BUSCAR
Polêmica
Reitor do IFRN tem nome envolvido em denúncia de plágio na tese de doutorado
Denúncia publicada nas redes sociais aponta que o trabalho científico de Josué Moreira de Oliveira tem 36 trechos idênticos ao de outras publicações
Redaçao
09/09/2020 | 17:33

O reitor pro tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Josué Moreira de Oliveira, é alvo de uma nova polêmica. Esta semana, ele teve o nome envolvido em uma polêmica sobre suposto plágio acadêmico na tese entregue para obtenção do título de doutorado na Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa). Uma denúncia publicada nas redes sociais aponta que o trabalho científico tem 36 trechos idênticos aos de outras publicações.

Segundo Josué Moreira de Oliveira, a denúncia é caluniosa. Ele diz que o caso não passa de um “ataque profissional e pessoal”.

O reitor temporário do IFRN – que assumiu o cargo em abril passado – defendeu a tese de doutorado, em novembro de 2018, pelo programa de pós-graduação da Ufersa.

Intitulado “Resíduos de antiparasitários e agrotóxicos em leite bovino no Rio Grande do Norte”, a tese tem 41 das 79 páginas com texto científico. Deste total, segundo a denúncia, 36 trechos são supostamente plagiados de outros trabalhos acadêmicos. Os textos com suspeita de cópia estão distribuídos em 23 páginas da tese de Josué Moreira.

De acordo com a denúncia, Josué Moreira copiou parágrafos inteiros de outras dissertações ou teses acadêmicas. Uma destas reproduções está na página 50 da tese do reitor do IFRN. No trecho, ele fala sobre a composição do leite bovino, mas o parágrafo é idêntico ao publicado pela dissertação de mestrado da química gaúcha Danieli Daiani Bandeira, que foi publicada na Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, com publicação datada em 2012.

Em outro trecho, para falar sobre o tema de “espectometria da massa em série”, na página 36 da tese, Josué Moreira utiliza outros dois parágrafos inteiros da dissertação de Danieli Daiani Bandeira.

Trecho da denúncia com o registro de supostos plágios praticados pelo reitor do IFRN – Reprodução

Procurada pela reportagem do Agora RN, a UFERSA informou que não recebeu qualquer denúncia de plágio relacionada com a tese entregue por Josué Moreira de Oliveira. A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, cuja nova chefia assumiu muito recentemente, ainda vai tomar ciência deste assunto.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.