BUSCAR
BUSCAR
Declaração
Regina Duarte detona atores que a atacaram por questões ideológicas: “Eram amigos?”
Atriz que trocou a Globo pelo governo federal faz desabafo sobre a hostilidade recebida por ser bolsonarista
Terra
28/07/2021 | 19:30

Regina Duarte está fora da Globo desde fevereiro de 2020 e sem o cargo na Cinemateca Brasileira prometido por Jair Bolsonaro após deixar a Secretaria Especial de Cultura, em maio do ano passado. Se antes postava pouco, agora a atriz está bastante ativa nas redes sociais.

Em vídeo no ‘Reels’ de seu perfil no Instagram, onde tem 2,4 milhões de seguidores, a veterana das novelas recebeu uma pergunta arguciosa de um fã: “Amizade verdadeira está acima de política? Achei que alguns ‘amigos’ seus foram perversos”. Regina aproveitou para fazer um desabafo em tom crítico.

“Perversos? Foram, foram muito perversos, sim. Coitados… O que que dá pra fazer? Será que eram amigos? Agora me pergunto: eram amigos?”, questionou, com fundo de ironia.

“Meus amigos ficaram comigo. Meus amigos não me perseguiram, não foram perversos comigo. Se foram perversos, não eram meus amigos. Simples assim.”

A lista de famosos que se manifestaram contra Regina Duarte nas redes sociais e na imprensa em razão de seu apoio ao presidente e por declarações polêmicas é longa. Entre eles, José de Abreu, Lima Duarte, Bruno Gagliasso, Maitê Proença, Walcyr Carrasco, Anitta, Paulo Betti e Felipe Neto.

Na ‘Veja’, Antônio Fagundes, que fez par romântico com a atriz em vários folhetins da Globo (‘Nina’, ‘Vale Tudo’, ‘Por Amor’), também a contestou. “Não se queimou só de um lado, mas de todos, inclusive com aquelas pessoas que dizia apoiar”, opinou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.