BUSCAR
BUSCAR
Investigação
Polícia Civil prende PM acusado de matar jovem de 18 anos na Grande Natal por engano
O rapaz, segundo a Polícia Civil, foi “confundido” com um participante de um grupo criminoso que participou de diversos assaltos em municípios da Grande Natal. A prisão foi efetuada pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP)
Redação
19/08/2020 | 12:34

Um policial militar foi preso nesta quarta-feira, 19, suspeito de participação no homicídio de Giovanne Gabriel de Souza, de 18 anos.

O rapaz, segundo a Polícia Civil, foi “confundido” com um membro de um grupo criminoso que participou de diversos assaltos em municípios da Grande Natal. A prisão do PM foi feita pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

O estudante Giovanne Gabriel desapareceu dia 5 de junho, quando saiu do bairro Guarapes, Zona Oeste de Natal, para ir até a casa da namorada, em Parnamirim.

O corpo do jovem foi encontrado no dia 14 de junho, na cidade de São José de Mipibu, com marca de tiro na cabeça e as mãos amarradas.

Após uma onda de protestos nas redes sociais, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, usou o Twitter para pedir rigor nas investigações.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.