BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Notas e informes: O cortejado Moro
Redação
11/05/2020 | 03:44

Desde que deixou o governo, em 24 de abril, o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro já foi procurado por pelo menos dois partidos: Podemos e PSL. Embora seja visto como potencial candidato à Presidência em 2022, o ex-juiz da Lava Jato tem evitado o assunto. Analistas e políticos avaliam que Moro é um elemento vital que pode quebrar a polarização entre o bolsonarismo e a esquerda que dominou as últimas eleições presidenciais, já que deve ser atacado pelos dois lados. Ou apoiado por parte dos dois lados, o que seria péssimo para as pretensões eleitorais de Bolsonaro em 2022.

Fraude em SC

O secretário da Casa Civil do Governo de Santa Catarina, Douglas Borba, pediu demissão do cargo neste domingo. A exoneração acontece em meio à investigação da Polícia Civil sobre a compra de 200 respiradores pelo governo. Os equipamentos custaram R$ 33 milhões no total e ainda não foram entregues. Segundo o Ministério Público, houve fraude na transação.

Avianca

Em meio à crise do coronavírus, a Avianca Holdings, a segunda maior companhia aérea da América Latina, entrou com pedido de recuperação judicial neste domingo. A empresa havia tentado, sem sucesso, uma ajuda financeira do governo da Colômbia. Em processo nos Estados Unidos, a companhia estimou sua dívida entre US$ 1 bilhão e US$ 10 bilhões. Neste domingo, US$ 65 milhões em dívidas da empresa venceram.

Flexibilização

Depois de registrar milhares de mortos pelo novo coronavírus, alguns países europeus, como França e Espanha, viveram neste domingo o último dia de confinamento. Na França e na Espanha, que figuram entre os países mais afetados pela Covid-19, milhões de pessoas devem voltar aos poucos à normalidade, seguindo os passos da Itália e Alemanha.

Perda

Pioneiro na arte cinética, o artista plástico Abraham Palatnik morreu no sábado aos 92 anos, vítima da Covid-19. Natalense, mas radicado no Rio de Janeiro desde a juventude, ele foi internado no dia 29 de abril em estado grave, após testar positivo para o novo coronavírus, no hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. Segundo amigos, ele sofria de doença pulmonar e contraíra uma pneumonia há seis meses.

Sintomas variados

A lista de sintomas provocados pelo novo coronavírus aumenta a cada semana e poucos órgãos parecem a salvo da doença, com formas que variam de benignas a muito graves. Em três meses, o que começou como uma gripe clássica se transformou em um catálogo de síndromes que em suas formas mais graves ativam as já famosas “tempestades de citocinas”, uma aceleração da reação imunológica que pode levar à morte.

Auxílio emergencial

Cerca de 3,5 milhões de pessoas ainda não movimentaram os recursos disponíveis pelo Auxílio Emergencial, segundo balanço da Caixa Econômica Federal divulgado neste domingo. Desde o dia 9 de abril, quando teve o início o pagamento, R$ 35,5 bilhões foram creditados para 50 milhões de pessoas. De acordo com o banco, 93% dos beneficiários já fizeram algum tipo de movimentação.

Repúdio a Regina

Mais de 500 personalidades assinaram um manifesto em repúdio às recentes declarações de Regina Duarte, secretária nacional de Cultura do governo Jair Bolsonaro. O grupo critica a postura de Regina Duarte durante entrevista à CNN Brasil, na última quinta-feira (7). Quando confrontada sobre o apoio do presidente Bolsonaro à ditadura militar, ela cantou um trecho da música “Para frente, Brasil”, símbolo do período de repressão. Também minimizou o impacto da pandemia da Covid-19.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.