BUSCAR
BUSCAR
Transtorno
Natal só deve ter 100% da frota de ônibus com retorno das aulas presenciais, diz STTU
Atualmente, dos 571 veículos que circulavam em Natal antes da pandemia, 322 ônibus (56% do total) estão operando na capital
Redação
28/08/2020 | 16:26

O retorno da frota da completa de ônibus do transporte público de Natal só vai acontecer após a retomada das aulas presenciais nas escolas, universidades e demais instituições de ensino sediadas na capital. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), responsável pela gestão do sistema, apenas 56% dos veículos estão circulando pelas vias da capital potiguar. As informações constam em ofício enviado pela pasta à Defensoria Pública do Estado (DPE).

De acordo a STTU, dos 571 veículos que circulavam em Natal antes da pandemia, 322 ônibus estão operando. A avaliação é de que este contingente é o necessário para manter o sistema público de transporte. A secretaria informar à DPE que havia um total de 301 mil acessos diários nos ônibus antes da pandemia, mas a demanda retraiu para 90 mil a 120 mil ao longo dos últimos cinco meses.

“A frota será estabelecida em sua plenitude quando de fato ocorrer abertura total das escolas, cursinhos e universidades, tendo em vista que dentro da prerrogativa municipal em estabelecer o equilíbrio econômico financeiro, dando capacidade de gerir e manter o sistema de transporte coletivo, visando que não ocorra falência do serviço, visto quer, quem poderá pagar essa conta somos todos nós”, disse a STTU.

Até o momento, a Prefeitura de Natal não definiu data para o retorno das aulas presenciais. Para STTU, o retorno de toda a frota antes da volta às aulas, responsável por uma demanda significativa de passageiros, colocaria em risco o “equilíbrio econômico” de transporte coletivo da capital.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.