BUSCAR
BUSCAR
Eleições 2020
‘Mossoró decidiu se libertar do atraso, da oligarquia’, diz Allyson
Candidato do Solidariedade à Prefeitura de Mossoró já aparece em 1º lugar nas pesquisas e ameaça hegemonia da família Rosado. Em entrevista ao Agora RN, ele fala sobre crescimento da campanha
Redação
06/11/2020 | 05:27

O candidato do Solidariedade à Prefeitura de Mossoró, Allyson Bezerra, pode conquistar uma vitória histórica no próximo dia 15 de novembro. Com apenas 28 anos de idade e cumprindo o 1º mandato de deputado estadual, o jovem – criado na zona rural de Mossoró e estudante de escola pública durante toda a vida – pode derrubar a hegemonia de uma das famílias mais tradicionais da política do Estado: os Rosado.

Pesquisas têm mostrado que Allyson é a principal ameaça à reeleição da prefeita Rosalba Ciarlini (Progressistas), que tenta o 5º mandato na Prefeitura de Mossoró. Nesta semana, um levantamento do Instituto Agora Sei* apontou que Allyson tem 42,3% das intenções de voto, contra 31,2% de Rosalba.

Segundo o candidato do Solidariedade, o resultado só reflete o que ele tem visto nas ruas, durante a campanha. Allyson Bezerra disse estar confiante na vitória. “A cidade de Mossoró está demonstrando a cada dia que, de fato, vai mudar. Por onde a gente tem passado, temos encontrado essa demonstração clara, no sentimento das pessoas”, disse nesta quinta-feira 5, em entrevista ao Agora RN.

Allyson Bezerra enfatiza que muitas pessoas têm aderido à campanha de forma voluntária, o que só reforça, segundo ele, que a maioria da população está disposta a dar fim à hegemonia dos Rosado em Mossoró.
“As famílias abraçaram, a juventude abraçou. As crianças também. Quem entrar nas minhas redes vai ver que as crianças demonstram isso. Os idosos querem mudar, libertar a cidade de Mossoró do que a gente entende que é um atraso, da oligarquia de tantas décadas. Esse é o sentimento de mudança por toda a cidade e também na Zona Rural”, declara.

O candidato do Solidariedade registra que, em função disso, sua responsabilidade enquanto político aumenta, assim como a motivação para continuar a campanha.

“Estamos enfrentando um sistema que está no poder há mais de 70 anos. É um sistema que tem uma grande estrutura, já conhecido pela forma de fazer campanha. Uma forma ultrapassada, pelas agressões, acusações. (Um sistema) conhecido pelo jogo sujo que faz. Fizeram isso em outras campanhas”, destacou.

Allyson Bezerra enfatizou sua campanha tem sido simples, mas que tem crescido por causa do apoio popular. “Quem tem acompanhado as nossas caminhadas vai ver a quantidade de gente que nos acompanha nas caminhadas, carreatas. Tudo sendo feito de forma voluntária. Estão fazendo campanha de graça. Então é uma responsabilidade muito grande”, complementou.

O candidato a prefeito de Mossoró pelo Solidariedade ressalta que, em sua opinião, o crescimento da campanha é reflexo do desgaste do grupo político que comanda a 2ª maior cidade do Estado há décadas, não só com Rosalba Ciarlini.

“(O crescimento da campanha) É uma resposta a todo um tempo que vivemos de atraso, com diversos escândalos de corrupção. É uma resposta a esse sistema que não consegue atender às demandas da cidade”, continou.

HISTÓRICO

Allyson, que recebeu 13 mil votos em Mossoró para deputado estadual nas eleições de 2018, destaca que tem origem em família simples. Filho de uma dona de casa e de um agricultor, ele viveu até os 12 anos de idade na zona rural, no Sítio Chafariz, onde ajudava o pai na roça e estudava em creche de taipa.

Aos 20 anos, foi aprovado em um concurso público e virou servidor da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), onde se formou, quatro anos depois, em engenharia civil. Foi o primeiro da família a conquistar um diploma de nível superior.

“Sou de família simples. Como a maioria do nosso povo, enfrentei dificuldades nessa vida: de morar numa casa de taipa; de, para estudar, pegar 30 Km de estrada de barro em cima de pau de arara; morar num sítio. Sei o que é morar de casa alugada, trabalhar no comércio. Estudei em escola pública”, lembra.

“Se a campanha tem crescido, se estamos em 1º, é porque existe uma vontade da população da população de Mossoró que seja esse o projeto vencedor”, finalizou.

PESQUISA

*Contratada pelo Blog do BG, a pesquisa Agora Sei entrevistou 600 eleitores de Mossoró no dia 29 de outubro. A margem de erro é de 3,9 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-09254/2020.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.