BUSCAR
BUSCAR
Questionamento
Moro cobra condenação em 2ª instância, sobre indicação de Bolsonaro ao STF
Bolsonaro indicou o desembargador do TRF-1 Kassio Nunes Marques para a vaga no STF
UOL
02/10/2020 | 06:19

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro questionou indicações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Supremo Tribunal Federal (STF), em post publicado no Twitter. Bolsonaro indicou o desembargador do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) Kassio Nunes Marques para a vaga no STF que será aberta com a aposentadoria do ministro Celso de Mello no dia 13 de outubro — Kassio passará por sabatina no Senado, exigência para a nomeação.

“Simples assim, se o PR @jairbolsonaro não indicar alguém ao STF comprometido com o combate à corrupção ou com a execução da condenação criminal em segunda instância, todos já saberão a sua verdadeira natureza (muitos já sabem)”, escreveu Moro, sem citar o nome de Kassio Marques.

A reação ocorreu cerca de duras horas depois de live feita por Bolsonaro, em que o presidente citou a pressão que sofrera de apoiadores para a indicação de Moro ao STF, antes de ele deixar o comando do Ministério da Justiça, em abril.

“O ano passado todo até mais ou menos abril desse ano vocês queriam quem para o Supremo? Me acusavam! O Sergio Moro. Me ameaçavam no Facebook o tempo inteiro. ‘Se não for o Sergio Moro para o Supremo, acabou! Acabou, acabou!’ Agora voc’ê quer que eu troque o Kassio pelo Sergio Moro? E daí? Quer que eu faço o quê? O famoso ‘e daí?’ Querem o Moro para o Supremo, vai ser leal a nossas causas? Vai ser aprovado no Senado Federal?”, ressaltou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.