BUSCAR
BUSCAR
Opinião
Lucena defende fechamento do Senado: “Um bocado de múmia paralítica. Serve para quê?”
Vereador do PT criticou senadores por convidarem ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para explicar ações de combate às queimadas no Pantanal
Redação
01/10/2020 | 19:02

O vereador de Natal Fernando Lucena (PT), que é candidato à reeleição, defendeu nesta quinta-feira 1º o fechamento do Senado Federal. O petista sugeriu que o parlamento brasileiro seja formado apenas pela Câmara dos Deputados, já que o Senado, segundo ele, é composto por “um bocado de múmia paralítica”.

Em uma transmissão ao vivo no Facebook, Lucena criticou os senadores pela aprovação, na quarta-feira 30, de um convite para que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, preste esclarecimentos sobre as ações de combate às queimadas no Pantanal.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 2020, o bioma já registrou mais de 18 mil focos de incêndio, o maior número desde que o monitoramento começou, em 1998.

Para o vereador do PT, Ricardo Salles deveria sofrer um impeachment ou ser preso, e não ser convidado para “conversar” no Senado. “Em qualquer país do mundo sério, esse ministro do Meio Ambiente, essa besta fera cuspindo fogo, já estava na cadeia. Não pode”, afirmou Lucena.

O parlamentar natalense disse que, se fosse senador, tentaria impedir a aprovação do convite. “Deus não dá asa a cobra. Eu queria ser senador para o cara aprovar convite para vagabundo. Ir lá dizer o quê? Tinha que ter impeachment. Impeachment pode ser para qualquer ministro do Supremo e para qualquer ministro. Não esqueçam disso”, completou.

Lucena prosseguiu com as críticas ao Senado. “Aquilo é um bocado de múmia paralítica. Serve para quê o Senado? Não era para ter Senado. Era para ter a Câmara Federal. Fecha aquilo lá [Senado]. Eles convidaram o Aras… vão levar o cara lá e a besta fera que cuspiu fogo e incendiou o Pantanal e a Amazônia inteira”, disse o vereador, referindo-se ao fato de que o Senado também convidou o procurador-geral da República, Augusto Aras.

Ainda segundo o vereador, os convites servirão para que Salles e Aras conversem “besteira”. “É para estar preso [Salles]. Cadeia na besta fera, cadeia nesse ministro besta fera cuspidor de fogo. Está tudo errado”, finalizou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.