BUSCAR
BUSCAR
Desdobramento
Juiz determina 40 salários mínimos de fiança e medidas cautelares para coordenador da Sesed-RN deixar a prisão
A audiência começou por volta das 14h45. Ivênio Hermes esteve acompanhado de um advogado
Redação
09/11/2021 | 16:33

O pesquisador e coordenador de estatísticas da Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte, Ivênio Hermes, foi liberado da prisão em audiência de custódia realizada na tarde desta terça-feira (9).

Ele foi liberado mediante medidas cautelares e pagamento de fiança de 40 salários mínimos. O alvará de soltura só será expedido após o pagamento, com o pesquisador podendo responder em liberdade.

A audiência começou por volta das 14h45. Ivênio Hermes esteve acompanhado de um advogado.

A decisão da audiência de custódia determinou ainda que Ivênio precisará comparecer em juízo mensalmente e comunicação de novo endereço em caso de mudança de endereço.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Coronel Araújo, confirmou, nesta terça-feira (9), a exoneração do coordenador de Análises Criminais da Sesed-RN, Ivênio Hermes, após ocorrência policial na noite de segunda (8).

De acordo com o representante do Governo do Estado, todas as medidas foram adotadas a partir do atendimento à ocorrência, assegurando a transparência e amplo direito legal às partes envolvidas.

Ivênio Hermes foi levado para a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal após uma discussão que culminou em disparos de arma de fogo em um condomínio.

De acordo com o que foi apurado, Ivênio teria se desentendido com um vizinho e efetuou disparos com uma arma. A Polícia Militar foi acionada e o levou para a delegacia.

Segundo a vítima contou em entrevista ao Bom Dia RN/Inter TV Cabugi, os filhos estavam sendo acusados de tocar a campainha da casa de Ivênio repetidas vezes. Ele teria se irritado com as crianças. “Ele chegou dentro da minha casa e atirou”, contou.

Ainda segundo o Bom Dia RN/InterTV, Ivênio foi autuado por disparos de arma de fogo e ameaça. Ele deve permanecer preso e encaminhado nesta terça-feira (09) a uma audiência de custódia.

Ivênio Hermes é cientista criminal, coordenador de pesquisa do Observatório da Violência do Rio Grande do Norte (Obvio) e ex-policial federal. Atualmente, ocupava o posto de coordenador de Análises Criminais da Sesed-RN.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.