BUSCAR
BUSCAR
Brasil
Galvão Bueno acredita não existir mais “Neymar dependência” na Seleção
Durante sua participação no Esporte Espetacular deste domingo (3), o narrador elogiou o elenco da Seleção Brasileira
Metrópoles
03/04/2022 | 15:13

A Seleção Brasileira goleou a Bolívia na última semana por 4 x 0 e garantiu a melhor pontuação da história das eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. Se aposentando dos microfones, Galvão Bueno elogiou a atuação do Brasil e afirmou que o time comandado por Tite não depende mais das atuações de Neymar.

“Ele continua sendo o melhor jogador do futebol brasileiro e da seleção brasileira. Mas, felizmente, não existe mais uma ‘Neymar dependência’. Os meninos estão voando, tão pedindo passagem. Aprendi com dois caras que jogaram pouco, e foram comentaristas meia boca. Falcão e Júnior me falavam que quanto mais jogadores estiverem jogando bem, em grande fase, é melhor pro craque, ele vai se sentir melhor”, opinou Galvão.

O narrador também aproveitou para elogiar o trabalho de Tite. “Eu tenho direito de falar sobre o ciclo do Tite. Porque quando acabou o jogo contra a Bélgica, quando eu disse que o Brasil estava fora, eu falei: ‘O Tite tem que ficar um ciclo inteiro, tem que ficar o ciclo inteiro’. O trabalho dele é muito bom, é um dos melhores três técnicos do mundo? Olhando as conquistas, não. Mas é um ótimo técnico, então bora lá”, pontuou.

Por fim, Galvão analisou o grupo da Seleção na Copa do Mundo, que conta com Suíça, Camarões e Sérvia. Não tem nenhum grupo extremamente fácil, é tudo muito equilibrado. O Brasil tem totais condições de passar”, completou.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.