BUSCAR
BUSCAR
Figuras conhecidas
Eleições de 2022 podem trazer de volta nomes conhecidos da política potiguar
Garibaldi Alves Filho, José Agripino, Henrique Eduardo Alves e Fernando Bezerra articulam nos bastidores estratégias de retorno aos trabalhos parlamentares
Redação
24/12/2020 | 06:06

As eleições de 2022 podem trazer de volta aos holofotes nomes bem conhecidos da seara política do Rio Grande do Norte. Figuras como Garibaldi Alves Filho, José Agripino, Henrique Eduardo Alves e Fernando Bezerra já articulam, nos bastidores da política potiguar, estratégias de retorno aos trabalhos parlamentares.

Um dos casos de possível retorno à vida pública é do ex-senador Garibaldi Alves (MDB), que ficou em 4º lugar na disputa à reeleição ao Senado Federal em 2018. Em 2022, ele pode tentar uma vaga na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Longe da ribalta política há dois anos, Garibaldi Alves – hoje com 73 anos – tentará encerra a trajetória política no mesmo lugar em que a iniciou. O emedebista foi deputado estadual entre 1971 até 1986.

Pai do atual presidente do diretório estadual do MDB, o hoje deputado federal Walter Alves, Garibaldi tentará nas próximas eleições trazer o sobrenome da família de volta para as grandes discussões políticas potiguares.

Outro que tenta retomar a vida pública é o empresário Fernando Bezerra, de 79 anos. Ele foi senador federal entre 1994 e 2007. Além disso, foi presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern).

Ele tentou a reeleição para o Senado em 2006, mas acabou derrotado por Rosalba Ciarlini. O empresário, segundo os bastidores políticos, tentará vaga na Assembleia Legislativa.

Em novembro, durante participação de um programa de rádio de Natal, o empresário revelou que aventou candidatura para deputado estadual já em 2018. “Tenho uma censura dentro de casa. Me deu a vontade de sair deputado estadual [em 2018]. Não quero mais sair do Rio Grande do Norte. Só que a minha mulher não deixou”, disse ele.

Além destes, Henrique Eduardo Alves (MDB) e José Agripino (DEM) analisam os cenários para buscar uma vaga na Câmara Federal. Os dois, no entanto, miram questões judiciais que podem impedir virtuais candidaturas. A dupla está listada em investigações abertas pela Operação Lava Jato.

Em outubro passado, a Justiça Eleitoral no Rio Grande do Norte recebeu a denúncia apresentada pelo Ministério Público Eleitoral contra Henrique Alves. Segundo a investigação, o ex-deputado federal solicitou à empresa J&F pagamento de vantagens indevidas para custeio de sua campanha eleitoral ao governo do Rio Grande do Norte em 2014 — em que acabou derrotado por Robinson Faria (PSD).

Além disso, o ex-deputado Henrique Alves passou 11 meses preso – entre junho de 2017 e maio de 2018 – por conta da “Operação Manus”, em que é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em investigação de desvios na construção da Arena das Dunas.

Aos 72 anos, ele foi deputado federal entre 1971 e 2015. Segundo fontes políticas, o sonho dele é terminar a vida pública na Casa que presidiu por dois anos (2013 e 2015).

Outro que almeja retorno aos trabalhos na Câmara Federal é José Agripino (DEM), de 75 anos. Em 2018, o então senador não buscou a reeleição para garantir uma vaga de deputado federal. A articulação contava com a saída do seu filho da Câmara, Felipe Alves (DEM), que não tentou a recondução naquele ano. No entanto, a candidatura naufragou nas urnas. O ex-senador ficou como segundo suplente.

Pesou contra José Agripino, ter o nome listado em investigações relacionadas com crimes de corrupção. Em junho 2018, poucos meses antes das eleições, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu receber denúncia contra José Agripino Maia pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e uso de documento falso. Ele teria recebido vantagens indevidas para assegurar um contrato de inspeção veicular ambiental celebrado entre um consórcio e o Governo do Rio Grande do Norte.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.