BUSCAR
BUSCAR
Balanço
Partidos de direita do RN buscam unidade para as eleições de 2022
Atordoados com os resultados bem abaixo das expectativas em 2020, legendas de direita buscam novos rumos para o conservadorismo no RN
Redação
23/12/2020 | 06:05

Representantes da direita conservadora em Natal acreditam na formação de uma união para as próximas eleições em 2022, como forma de compensar a fragmentação de votos ocorridas no pleito municipal deste ano. Dos 13 candidatos ao cargo de prefeito, pelo menos quatro eram ligados ao presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

Juntos, Delegado Leocádio (PSL), Coronel Hélio Oliveira (PRTB), Coronel Azevedo (PSC) e Pastora Jaidy Oliver (DC) somaram 51.482 votos nas eleições para prefeito em Natal. Os quatro têm alinhamentos às políticas do governo federal. O atual prefeito Álvaro Dias (PSDB) foi reeleito com 194.764 votos. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na Câmara Municipal de Natal, uma das vozes ressonantes de Bolsonaro, Cícero Martins (PP), não conseguiu se reeleger para o cargo de vereador. A nova configuração do Legislativo natalense será majoritariamente de parlamentares de partidos alinhados com ideologias de centro e centro-esquerda.

A direita conservadora reelegeu Bispo Francisco (Republicanos) e três representantes do PTB, que segue se aproximando de Jair Bolsonaro na tentativa de filiá-lo ao partido para o pleito de 2022. São eles: Antônio Peixoto, Hermes Câmara e Luciano Nascimento.

O deputado Coronel Azevedo, que também preside o PSC no Rio Grande do Norte acredita que ainda é cedo para projetar uma possível união da direita, mas confia em um fortalecimento do movimento conservador alinhado ao presidente Jair Bolsonaro, que ainda está sem partido. Azevedo foi candidato a prefeito em Natal em 2020 e espera se reeleger para o cargo de deputado estadual.

“Havia uma expectativa com o mandato de deputado federal, eleito em 2018, de que esse mandato pudesse liderar a direita, mas o que aconteceu foi uma fragmentação dessa liderança. Daquele grupo do PSL que se elegeu em 2018, cada um foi pra um lado. Eu mesmo tive uns problemas e fui para o PSC. Não sei ainda se haverá uma liderança para aglutinar esse grupo de centro-direita que busca uma renovação, com as bandeiras de combate à corrupção por exemplo”, afirma.

Já para o presidente do PRTB no Rio Grande do Norte, Coronel Hélio Oliveira, que também concorreu ao cargo de prefeito de Natal em 2020, o momento é de análise. O empresário aguarda um posicionamento de Bolsonaro para articular uma estratégia para as próximas eleições.

“Estamos acompanhando os movimentos dentro do governo federal e poderemos acompanhar esses movimentos, que estão ligados ao centro e ao centro-direita. Hoje o presidente Bolsonaro está sem partido e ele prometeu que até março se posicionaria. Isso para nós é fundamental para nos posicionar”, explicou Oliveira.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.